Obras na 3ª e 4ª Avenidas começam nesta semana

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Em reunião na tarde desta segunda-feira, 25, o secretário de Obras, Valmir Pereira e o secretário de Planejamento, Auri Pavoni definiram o início das obras de mudança nos sentidos da Terceira e Quarta Avenidas. As obras têm previsão para começar já nesta semana primeiramente com o alargamento da pista ao final da Avenida Martin Luther (Binário) até a rótula em frente ao Corpo de Bombeiros.

A reunião também contou com a presença dos arquitetos da Prefeitura Helvys Zermiani e Sergio Baggio e dos dirigentes do Fundo Municipal de Trânsito, Jaime Mantelli, Iuri Bedin e Fabiano da Silva.

Segundo o secretário de Obras, Valmir Pereira, o alargamento das pistas, que terá quatro vias a partir do final da Avenida Martin Luther e ganhará uma quinta via na rótula, possibilitará o retorno de quem quiser voltar para a Avenida do Estado. “Essa obra vai permitir a melhora no fluxo do trânsito”, garante o secretário. Também será implantado no local um semáforo para não prejudicar a circulação de veículos.

Na próxima semana já deve começar as mudanças na Terceira e Quarta Avenidas. O projeto prevê que a Quarta Avenida terá sentido único norte/sul, até a Rua 2550. Já a Terceira Avenida terá sentido sul/norte. As avenidas terão ciclovias no lado direito, juntamente com os pontos de ônibus e estacionamento do lado esquerdo. Com isso as avenidas terão quatro pistas cada e poucas ruas transversais irão mudar de sentido.

Durante as obras, que estão previstas para começarem na próxima semana com a retirada do canteiro e ciclovia central, agentes de trânsito estarão auxiliando na movimentação do trânsito. Para a sinalização o departamento de trânsito fará um levantamento no decorrer das obras para saber os locais que deverão ganhar semáforos.

Outra obra que foi discutida na reunião foi a reurbanização da Avenida Brasil. De acordo com o secretário de Planejamento, Auri Pavoni, a Avenida Brasil terá um novo conceito em calçada, utilizando concreto drenante, que irá absorver água nas laterais da calçada e um concreto estampado, um material que proporcionará mais segurança aos pedestres, facilitando a passagem de carrinhos de bebê, cadeirantes. Além de uma faixa de piso podotátil, o qual auxiliará os pedestres portadores de deficiência. “Vamos inovar no planejamento urbano em questão de material”, diz Pavoni. A primeira etapa desse novo projeto começará nesta quinta-feira, onde um trecho entre as ruas 1.001 e 2.000 receberá a nova calçada para experimento da população.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -