Obras da ponte entre Vila Real e Nova Esperança seguem na Via Gastronômica

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Ponte Barranco - Foto Rafael Weiss

Em mais ou menos 10 meses as comunidades da Vila Real e do Nova Esperança vão receber a tão sonhada ponte que liga os dois bairros. Desde março, quando o prefeito Edson Piriquito assinou a ordem de início da obra, a empresa vencedora da licitação está empenhada em fazer as primeiras pilastras de sustentação da ponte que se localiza no final da Via Gastronômica, em Balneário Camboriú.

 

Na última quinta-feira, o presidente da Compur, Niênio Gontijo e o diretor Giovani Constante, estiveram no canteiro de obras da ponte acompanhando a finalização da concretagem da primeira pilastra de sustentação da ponte que terá 160 metros de extensão, com pista de rolagem de veículos, passeio público e ciclovia.

De acordo com eles, a empresa vencedora da licitação para a execução da obra está caminhando a passos largos e fazendo um trabalho preciso na escavação das pilastras que vão compor a sustentação da ponte. As primeiras pilastras estão sendo feitas do lado do bairro Vila Real. A Compur é a empresa municipal que está fazendo a fiscalização das obras no município. “Estamos sempre junto dos canteiros de obras municipais acompanhando o andamento dos trabalhos”, disse Giovani.

O engenheiro e presidente da Compur, Niênio Gontijo, explica que as pilastras que ficarão no Rio Camboriú, serão feitas com o auxílio de uma câmara de ar comprimido, onde os trabalhadores ficarão a 6 metros de profundidade fazendo o trabalho de perfuração e concretagem destas pilastras. “É uma obra complexa, porém estamos com uma boa empresa executando os serviços, eles tem boa experiência e equipamentos para o trabalho”, revela Gontijo.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -