A Secretaria do Meio Ambiente (Semam) está buscando parceria com a organização não governamental World Wide Fund For Nature (WWF-Brasil) para desenvolver projetos e ações na Área de Proteção Ambiental (APA) Costa Brava.

Na terça-feira, 19.fev.2019, o secretário do Meio Ambiente, Ike Gevaerd, esteve em São Paulo (SP), onde fica a sede do WWF – Brasil, em reunião com a coordenadora dos programas Mata Atlântica e Marinho, Anna Carolina Lobo. Eles começaram a alinhar ações para integrar a APA no projeto Caminho da Mata Atlântica. Com mais de três mil quilômetros de extensão, o Caminho da Mata Atlântica é uma trilha que liga o Rio Grande do Sul ao Rio de Janeiro, passando por Santa Catarina, Paraná e São Paulo. A proposta do projeto é conectar trilhas, caminhos e travessias, aprimorar as opções de lazer ao ar livre e promover a importância das áreas protegidas para a economia, o lazer e a saúde.

Outro assunto tratado na reunião foi o incentivo à implantação de reservas particulares do patrimônio natural (RPPN’s) na APA Costa Brava. As RPPN’s são unidades de conservação criadas pelo proprietário do local, sem desapropriação de terra. Quando decide criar uma RPPN, o dono da área assume o compromisso de conservá-la. “As vantagens são a preservação da área e o uso racional para o ecoturismo e a educação ambiental. Um proprietário já demonstrou interesse em criar uma RPPN”, comenta Gevaerd.

O secretário também pediu à WWF-Brasil o apoio de curadoria para a implantação de um Centro Ambiental na região da APA, o qual poderá estar localizado em uma RPPN.

Essa foi a primeira reunião com a WWF, organização ambientalista mundial presente em mais de 100 países. De acordo com Gevaerd, todos esses assuntos serão discutidos com as associações de moradores da região e com o Conselho Gestor da APA Costa Brava.

Sobre o WWF-Brasil

O WWF-Brasil é uma organização não governamental brasileira, apartidária e sem fins lucrativos que trabalha em defesa da vida. O propósito é mudar a atual trajetória de degradação socioambiental. Criado em 1996, atua em todo Brasil e integra a Rede WWF (Fundo Mundial para a Natureza).

A APA

De acordo com a Lei Municipal nº 1985, de 2000, a APA Costa Brava é constituída pela área delimitada ao norte e leste pelo Oceano Atlântico, ao oeste pela linha imaginária que se inicia na Ponta das Laranjeiras e segue pelo divisor de águas de microbacias das praias de Taquarinhas, de Taquaras, do Pinho e do Estaleiro, daí seguindo ao leste pelo divisor de águas da praia do Estaleirinho, que forma o limite sul desta APA, até a ponta do Malta, no limite com o Município de Itapema.

Emasa faz vídeo inspeção em ruas de cinco bairros e abastecimento será interrompido.

Posted by Click Camboriú on Wednesday, February 20, 2019

COMENTE ABAIXO ⬇