Mais da metade dos estabelecimentos comerciais de BC ainda usam sacolas plásticas

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

A Secretaria do Meio Ambiente de Balneário Camboriú (Semam), por meio do Departamento de Fiscalização Ambiental (DEFA), realizou nos meses de maio e junho deste ano uma pesquisa nos estabelecimentos comerciais do município para verificar o cumprimento da Lei Municipal n°2761/2007, que dispõe sobre a substituição do uso de sacolas plásticas por sacolas retornáveis, de papel ou de material biodegradável. A pesquisa foi desempenhada a pedido do promotor Milani Maurílio Bento, da 5ª Promotoria de Justiça de Balneário Camboriú, e concluiu que 54,21% dos estabelecimentos ainda utilizam sacolas plásticas do tipo comum, as mais poluentes.

Durante o levantamento dos dados foram visitados pontos comerciais dos mais variados tipos e em diversos pontos da cidade, totalizando 961 estabelecimentos vistoriados entre supermercados, farmácias, lojas de vestuário e calçados. O resultado da pesquisa mostrou que 34,66% dos estabelecimentos já aderiram ao uso de materiais ecologicamente corretos, como sacolas de papel, de tecido ou de plástico biodegradável e oxibiodegradável e 45,79% mesclam o uso destas com as sacolas comuns, o que, segundo a pesquisa, indica certa tendência à implementação exclusiva de sacolas ambientalmente corretas.

Apesar de uma parcela dos comerciantes conhecerem as sacolas ecologicamente corretas, verificou-se que o uso destas ainda é incipiente no município. A pesquisa pretende nortear os orgãos públicos e privados para a implantação de campanhas que estimulem a conscientização da população para o uso de sacolas retornáveis.

Campanha Eco-Ação – Utilize Sacolas Retornáveis

O projeto Eco-Ação, desenvolvido pelo Programa Terra Limpa de Educação Ambiental – da Secretaria do Meio Ambiente, vem desenvolvendo ações, há dois anos, para estimular os consumidores a usar sacolas retornáveis, reduzindo a circulação de embalagens plásticas e despertando práticas de consumo consciente.

Por meio de palestras, intervenções na comunidade, exposição de banners informativos, distribuição de sacolas retornáveis para as unidades escolares e comunidade, pedágio ambiental, entre outras ações, o projeto Eco-Ação vem implantando o uso das sacolas retornáveis, principalmente junto aos Núcleos de Educação Infantil e os Centros Educacionais Municipais. A campanha trabalha também com a coleta seletiva de materiais recicláveis e de materiais tóxicos como pilhas, a reciclagem do papel, o incentivo a separação do óleo de cozinha usado, entre outras.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -