- PUBLICIDADE -

Barco feito com garrafas PET velejou pelo Rio Itajaí-açu

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

pet veleiro
Barco velejou com duas pessoas a bordo.

Um sol lindo marcou o dia de teste do Pet veleiro construído com material reciclado pelos alunos do Núcleo Escolar de Contraturno Lucy Canziani. O barco foi colocado na água na manhã desta quarta-feira (18) e para alegria de todos, velejou com duas pessoas a bordo.

Depois de mais de 2 meses intenso de trabalho e o envolvimento de cerca de 80 pessoas entre alunos e professores, o Pet Veleiro ficou pronto neste semana. Na manhã de ontem, os alunos chegaram à Associação Náutica de Itajaí, na Beira Rio confiantes “vai velejar”, afirmou o pequeno Rayan Guilherme Gomes de Souza.

O teste foi feito apenas com as professoras e os profissionais da ANI. Primeiro, elas receberam todas as instruções técnicas e também foram elogiadas pelo excelente trabalho. A ansiedade logo tomou conta das crianças que de longe prestavam a atenção em cada detalhe.

Na hora que o Pet Veleiro foi posto nas águas do Rio Itajaí-açú veio à primeira boa sensação “flutuou”, comemoravam as professoras. Em seguida foi coloca a vela, feitos os últimos ajustes e o grande momento do teste. A professora de matemática Ariane Caetano, foi a primeira a se candidatar. Juntamente com um instrutor da ANI, ela entrou no veleiro que saiu navegando tranquilamente com a ajuda do vento. Neste momento a emoção tomou conta dos pequenos, que gritavam e comemoravam, afinal era o experimento deles que estava dando certo.

Nesta sexta-feira (20) o Pet Veleiro volta à ANI para que uma criança possa entrar no barco e velejar com a ajuda de um profissional. O novo passeio ocorrerá no início da tarde.

Construção

Para a construção do “Pet Veleiro” foram utilizadas cerca de 500 garrafas pet de dois litros que passaram por seleção e limpeza, além de materiais como colas específicas utilizadas pela engenharia naval, gelo seco, cano e forro de PVC, malha, bambu, fitas adesivas, canetões, cartolinas, tela de arame galvanizado, rede de pesca, entre outros. Antes de começar a construção, a equipe visitou um estaleiro e assistiu a vídeos e palestras. “Nos empenhamos muito e hoje vemos o resultado de um trabalho de equipe”, comenta a coordenadora Marlene Isaura Correa. Conforme as pesquisas feitas pela equipe de professores responsável pela construção, o veleiro suporta até 100 quilos.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.