Quase 1,7 mil vagas esperam candidatos

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Confira o novo combo promocional da Personal Chef Fit Kris Borba

A Chef Kris traz nesse mês de setembro um combo Detox, super prático, econômico e muito saboroso

Para quem procura emprego, uma boa notícia: sobram vagas nos postos do Sistema Nacional de Emprego (Sine) da região. Em Blumenau, são mais ou menos 230 oportunidades de trabalho. Itajaí tem outras 100 e Rio do Sul tem 40. Mas é em Balneário Camboriú que há o maior número de vagas: são cerca de 1,3 mil oportunidades, principalmente nas áreas de alimentação e hospedagem. Há vagas para cozinheiro, garçom, camareira, gerente de hotel, recepcionista, copeiro entre outras. Mas engana-se quem pensa que há filas em busca das vagas em Balneário. Faltam trabalhadores.

Para a responsável pelo Sine, Teolice Regina Renner, isso ocorre porque quase todos estão empregados devido à alta temporada de verão. Com isso, empresas que precisam de trabalhadores penam para preencher vagas.

A proprietária de um restaurante em Balneário, Áurea da Silva, diz não encontrar garçons. A assessora de administração de um hotel, Solange Ticheski, relata ter vagas para camareira, garçom e para trabalho na lavanderia, mas não consegue contratar.

– Há mais oferta de trabalho do que procura. Outro problema é que os baixos salários das categorias ligadas ao turismo desestimulam as pessoas a ocupar essas vagas – opina Solange.

Segundo Teolice, é comum faltar trabalhadores no fim do ano e início do novo ano. A situação perdura até abril ou maio, quando termina a alta temporada de verão. Ela conta que semana passada, a maioria dos atendimentos no Sine foi de pessoas que queriam encaminhar o seguro-desemprego – o Sine é um posto de atendimento do Ministério do Trabalho e Emprego, responsável pela concessão do benefício – mas que elas não queriam saber das vagas oferecidas pelo posto.

– Falávamos das vagas, mas não havia interesse. Os trabalhadores diziam que iriam ficar parados ou fazer um bico. Também há casos em que desconfiamos que o trabalhador e a empresa fizeram um acordo. A pessoa é demitida, recebe o seguro-desemprego e continua a trabalhar. É ilegal, mas não cabe ao Sine fiscalizar.

Nesta semana, a procura pelas vagas começou a aumentar. De acordo com Teolice, quem está buscando as vagas, geralmente, vem de outras cidades para tentar a vida no Litoral.

– Temos vagas para essas pessoas, afinal, a oferta é muito grande. Quem quiser trabalhar, vai encontrar uma oportunidade.

[email protected] PRISCILA SELL

Oportunidades
Balneário Camboriú
– Vagas: cerca de 1,3 mil
– Funções mais requisitadas: camareira, gerente de hotel, recepcionista, copeiro, cozinheiro, garçom e serviços gerais
– Endereço: Avenida Atlântica, 2.554, Ed. Imperatriz, salas 5 e 6
– Telefone: 3367-4270
– Horário: 11h às 17h
Blumenau
Vagas: cerca de 230
– Funções mais requisitadas: nutricionista, cozinheiro, vendedor, mecânico, entregador e pedreiro
– Endereço: Rua Braz Wanka, 238, Bairro Vila Nova
– Telefone: 3327-3335
– Horário: 12h às 18h
Itajaí
Vagas: em torno de 100
– Funções mais requisitadas: auxiliar administrativo, faxineira, empregadas doméstica, recepcionista e secretária
– Endereço: Rua Anita Garibaldi, 425, Centro
– Telefone: 3348-1177
– Horário: 13h às 18h30min
Rio do Sul
– Vagas: cerca de 40
– Funções mais requisitadas: camareira, costureira, auxiliar de cozinha, pintor, engenheiro de produção e comprador
– Endereço: Rua Porto União, s/nº, Bairro Canoas
– Telefone: 3521-0966
– Horário: das 13h às 19h

Fonte: Jornal de Santa Catarina


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Maior edifício da América Latina tem elevador residencial mais rápido do Brasil

Com capacidade de se deslocar seis metros por segundo, o elevador poderá percorrer em menos de um minuto os 81 andares do Yachthouse
- Publicidade -