Fase de testes do estacionamento rotativo iniciou nesta segunda

A intenção do estacionamento rotativo é de que haja a democratização e maior fluxo de veículos nas vagas da Região Central

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Começou nesta segunda-feira, 14.out.2019, às 9h, a fase de testes do estacionamento rotativo em Balneário Camboriú. A fase irá até o dia 04 de novembro, sendo que no dia 05 será efetivado o início da cobrança com pagamento obrigatório aos condutores de carros e motocicletas que estacionarem nas vagas pertencentes ao perímetro do estacionamento. Até lá, os motoristas receberão material informativo e poderão esclarecer as dúvidas com a equipe da Lapaza, empresa responsável pela implantação e funcionamento dos parquímetros, que estará nas ruas fazendo orientação.

Nesta primeira etapa foram implementadas 1000 vagas para carros e motos, sendo que até o final da semana, as outras 1800 já devem estar em funcionamento. Nesta segunda-feira, mais de 90 parquímetros estarão ligados na Avenida Brasil (entre as Ruas 1931 e 2000), Avenida do Estado (entre a Rua 1931 e Av. Central) e 3ª Avenida (entre a Rua 10 e Rua 2000). Além disso, o estacionamento funcionará também nas ruas compreendidas entre a Rua 1001 e a Rua 2000, assim como em toda a extensão da Avenida Central, Avenida da Lagoa, Avenida Alvim Bauer, Rua Dinamarca e Rua Argentina.

A intenção do estacionamento rotativo é de que haja a democratização e maior fluxo de veículos nas vagas da Região Central, onde costuma haver grande quantidade de veículos nas vias, principalmente na época do verão.

Como o estacionamento funciona

Ao ocupar a vaga, o motorista deve fazer o pagamento no parquímetro mais próximo, pelo aplicativo Vago ou então em um dos pontos de venda cadastrados, em comércios identificados por meio de adesivos. Para carros, o valor será de R$ 2,00 a hora, já para motos, o valor será de R$ 1,00 a hora. Nos pontos de venda, também será possível a compra de “tags”, cartões recarregáveis, por R$ 10,00. A cobrança estará em vigor de segunda-feira a sábado, das 9h às 20h.

Pessoas idosas ou com deficiência terão direito a uma hora por dia de gratuidade do estacionamento. Para ter acesso ao benefício, o veículo deve ter exposta próximo ao para-brisas a credencial de idoso ou deficiente, para comprovar sua condição. Além disso, o motorista deve fazer o cadastro no parquímetro, indicando a vaga especial. A gratuidade é exclusiva para as vagas especiais, ou seja, se o carro estiver estacionado em outra vaga, a cobrança ocorre normalmente.

É importante lembrar que cada veículo terá direito a no máximo duas horas na vaga, sob pena de multa de trânsito grave e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) caso não efetue o pagamento ou fique mais do que o tempo permitido.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -