Evento sobre observação de aves ocorre neste fim de semana em BC

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Cristiano Vitorino / Divulgação

Oportunidade para curiosos, admiradores, pesquisadores e público em geral adquirirem conhecimento sobre aves, o 1º Observa BC ocorre neste sábado e domingo (21 e 22), das 9h às 17h, no Atracadouro Barra Sul.

Ligado ao turismo de observação de aves, o evento terá palestras e oficinas para público adulto e infanto-juvenil (confira a programação abaixo). Para participar, é preciso se inscrever, gratuitamente, no site. O único atrativo não gratuito será um passeio de barco que proporcionará a observação de aves oceânicas costeiras e pelágicas. O custo é de R$ 200. A saída do barco será às 8h de sábado, e o passeio terá 3h30 de duração.

O 1º Observa BC é uma iniciativa do “Aves Catarinenses”, projeto de pesquisa sobre a avifauna (conjunto de aves de uma região). No domingo, às 16h, será lançada a campanha para a escolha da ave símbolo de Balneário Camboriú, em parceria com o Programa Terra Limpa, ligado à Secretaria do Meio Ambiente e à Secretaria de Educação. A população poderá votar na ave símbolo pelo site www.avescatarinenses.com.br até 15 de setembro. Serão apresentadas seis sugestões. O 1º Observa BC faz parte da programação de aniversário de 54 anos de Balneário Camboriú.

A intenção do evento é fazer com que as pessoas exercitem o hábito da observação e aumentem o espírito conservacionista das aves e de seus biomas. Idealizador do evento e autor do livro “Aves Catarinenses”, o biólogo Cristiano Voitina ressalta que a observação de aves é uma nova modalidade de turismo sustentável que cresce no mundo inteiro. “Os esforços estão concentrados para divulgar as riquezas de nosso Estado, que chama a atenção de observadores de todas as partes de mundo. Santa Catarina, com biomas distintos como manguezais, floresta ombrófila densa, floresta ombrófila mista, campos de altitudes e restinga, possibilita uma oportunidade para os observadores”, diz o biólogo. Segundo ele, o Brasil tem 1.900 espécies. Um terço delas podem ser encontradas em Santa Catarina.

PROGRAMAÇÃO OBSERVA BC

SÁBADO (21)

8h – Saída Observação Aves Oceânicas Costeiras e Pelágicas
8h às 9h30 – Credenciamento
9h30 às 10h30 – Palestra Projeto de Reintrodução do Papagaio de Peito-Roxo, com Thaís Brisque, bióloga do Instituto Espaço Silvestre
10h30 às 12h – Palestra A importância da comunidade na criação e gestão de Unidades de Conservação, com Walter Steenbock, engenheiro agrônomo, doutor em ciências, analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), lotado atualmente no Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Sudeste e Sul (CEPSUL). Tem atuado com pesquisa e monitoramento participativo relacionado à conservação pelo uso de recursos florestais e pesqueiros
11h30 – Retorno da saída Observação Aves Pelágicas

12h às 14h – INTERVALO

14h – participação Polícia Ambiental – O Papel da Polícia Ambiental e sua área de abrangência
14h30 – Palestra Aves Oceânicas e Ações de Conservação, com Maira Carvalho Marenzi, oceanógrafa e mestranda em Ciências e Tecnologia Ambiental, Univali
15h30 – Palestra Apresentação Revista Científica: Brazilian Journal of Aquatic Science and Technology – para envio de artigos e relatos, com Maira Carvalho Marenzi, oceanógrafa e mestranda em Ciências e Tecnologia Ambiental, Univali
16h – Palestra Reserva Particular Patrimônio Natural RPPNs, modelo brasileiro de preservação que deu certo, com Lauro Bacca, naturalista (atualmente biólogo) e ativista ambiental.
17h – Encerramento

DOMINGO (22)

9h – Oficina de construção de brinquedos para papagaios em reabilitação para soltura (Público Infanto-juvenil), com a bióloga Thaís Brisque, do Instituto Espaço Silvestre
10h30 – Palestra CEMAVE e o monitoramento das aves limícolas migratórias no Brasil, com Danielle Paludo, oceanógrafa, analista ambiental no Centro Nacional de Pesquisa e Conservação das Aves Silvestres, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversiade – CEMAVE/ICMBio.

12h – 14h – INTERVALO
14h – Palestra A importância da Praia de Tijucas para as Aves Migratórias e Avifauna local, com Cristiano Voitina, biólogo, pesquisador e autor livro Aves Catarinenses
15h – Apresentação das pré-candidatas a Ave Símbolo de BC, com Cristiano Voitina, biólogo, pesquisador e autor livro Aves Catarinenses
16h – Lançamento da Campanha Escolha da Ave Símbolo de BC – Coquetel, Participação como convidada de honra Lenir Alda do Rosário, bióloga, pioneira nos estudos de aves em Santa Catarina

17h – Encerramento

A obra que prolonga a 4ª Avenida faz parte do Plano de Mobilidade Urbana – Binário Sul, aguardado há anos pela população.

Posted by Click Camboriú on Thursday, July 19, 2018

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -