Audiência Pública apresentará Diagnósticos do Plano de Mobilidade na segunda-feira

O encontro será na Câmara de Vereadores e toda a população é convidada a participar

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

Na próxima segunda-feira, 25, às 19h, haverá Audiência Pública para apresentação do diagnóstico do Plano de Mobilidade Urbana (PlanMob) de Balneário Camboriú. O encontro será na Câmara de Vereadores e toda a população é convidada a participar. O PlanMob visa apresentar estratégias e ações de 2018 até 2030 e está sendo estruturado conforme os conceitos dispostos na Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei Federal 12.587/12).

Durante a audiência serão apresentados os estudos já realizados sobre o trânsito na cidade, como Diagnóstico do sistema viário existente e uso do carro; Diagnóstico dos aspectos de acessibilidade; Diagnóstico dos deslocamentos por bicicleta; Diagnóstico do transporte público coletivo urbano; Diagnóstico do transporte comercial e Prognóstico do cenário atual, do cenário de tendência e do cenário ideal. Durante a audiência também será feita a coleta de ideias da população.

O Plano de Mobilidade Urbana de Balneário Camboriú apresenta ações, projetos e políticas para priorizar o transporte não motorizado e o transporte público coletivo com a integração entre os modos e serviços de transporte urbano; e ainda propõe ações para integração das políticas regionais, de forma a assegurar melhores condições de mobilidade entre os municípios vizinhos.

Para a elaboração do PlanMob, foi necessária a análise das viagens realizadas pela população de Balneário Camboriú. Para isso foi feita Pesquisa Domiciliar de Origem e Destino, onde foram entrevistados moradores de 1.350 residências, divididas entre todos os bairros do município. Após a tabulação de todos os dados obtidos, foi possível realizar o diagnóstico da situação atual da cidade. Veja alguns dados:

Transporte Coletivo:

De acordo com a Pesquisa Domiciliar de Origem e Destino, foi constatado que 7% dos deslocamentos realizados em Balneário Camboriú são feitos por meio do transporte coletivo. O número está consideravelmente abaixo da média geral constatada pela Associação Nacional dos Transportes Públicos. De acordo com a associação, municípios com população entre 100 mil e 250 mil pessoas, a média de deslocamentos por transporte público é de 25%.

Os principais destinos de quem usa transporte público em Balneário Camboriú são o Centro (32,07%) e Itajaí (11,03%). Dentre as propostas a serem discutidas na audiência pública estão a readequação de itinerários do sistema público de transporte coletivo; potencialização das faixas exclusivas; sistema de informação físico e digital; integração de sistema de transporte coletivo com sistema cicloviário; parâmetros de desempenho, conforto e qualidade; sistema de bilhetagem eletrônica; acessibilidade em todos os componentes do sistema de transporte coletivo; plano de pontos, paradas, estações e terminais; integração intermodal e integração regional e intermunicipal.

Pedestres e Ciclistas:

A pesquisa domiciliar revelou que 29% do total de viagens realizadas na cidade são feitas somente a pé. Destas, 47,85% são realizadas no Centro; 18,17% no Bairro das Nações e 6,76% no Bairro dos Municípios.

Além disso, 54,52% dos domicílios possuem pelo menos uma bicicleta. Deste total, 32,74% delas estão no Centro; 16,58% no Bairro das Nações e 13,04% no Bairro Vila Real. A quantidade expressiva de bicicletas no município constata a demanda de investimentos neste tipo de modal.

Quando questionado aos moradores da cidade quanto ao modal de deslocamento que se utilizam para fazer todas as suas diferentes viagens no cotidiano, 10,69% do total destas viagens são realizadas somente por bicicleta. Dessa forma, do total de viagens realizadas apenas por bicicleta na cidade, 40,29% são realizadas no Centro; 11,55% no Bairro dos Municípios e 10,32% no Bairro da Barra.

Dentre as propostas que serão discutidas na audiência pública para pedestres estão: acessibilidade de todas as calçadas e passeios analisados; Traffic Calming; redes de caminhabilidade – centralidades nos bairros; plano de execução de calçadas; tratamento de travessias e cruzamentos; sinalização e informação ao pedestre e programa de educação e valorização do pedestre.

Para os ciclistas as propostas são: rede cicloviária existente e proposta; posicionamento de paraciclos e bicicletários; implementação de sistema de aluguel a compartilhamento de bicicletas; conexão com o sistema de transporte coletivo; plano Diretor Cicloviário; indicadores para análise da estrutura para bicicleta; programas de incentivo, educação e valorização dos deslocamentos por bicicleta e integração da rede cicloviária entre municípios vizinhos.

A pesquisa também analisou Turismo e Mercadorias; Transporte Motorizado Individual e Polo Gerador de Tráfego, Gestão e Sistema Viário. Será apresentado o diagnóstico de todos os itens e a proposta de plano de ação para cada um deles.

O Plano de Mobilidade está sendo elaborado pela Consultran Engenharia, contratada pelo Município por meio de licitação.

Posted by Click Camboriú on Friday, June 22, 2018

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -