- PUBLICIDADE -

Praia Acessível iniciou as atividades nesta segunda-feira em Balneário Camboriú

O Praia Acessível funciona de segunda a sexta-feira das 10h às 16h, e segue até o dia 09 de fevereiro

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

Praia Acessivel 08 01 18 Foto Celso Peixoto 47
Divulgação

O Praia Acessível abriu a temporada de atividades do projeto Viva Verão na manhã desta segunda-feira (08). As práticas acontecem na Barra Sul, na altura da Rua 4750. Somente durante a manhã, cinco deficientes físicos puderam participar de atividades como banho de mar com cadeiras anfíbias, balanço especial para cadeira de rodas e vôlei sentado. As crianças também aproveitaram o dia de sol na praia jogando o minifutebol e lançando bolas nas cestas do basquete sentado.

Paulina Pereira da Silva, de 22 anos, é paratleta da Fundação Municipal de Esportes e participa do Praia Acessível desde a primeira edição. “Hoje fui na cadeira anfíbia, achei muito legal e uma grande oportunidade para a nossa cidade”, conta Paulina, que também fala da importância do projeto para ela. “O projeto traz para a praia a oportunidade de estar mais perto das pessoas com algum tipo de deficiência, tendo ali também alguns esportes paralímpicos para o público estar um pouco mais a par dos resultados da cidade.”

No acompanhamento do projeto estão três profissionais de educação física (Aline Grinwald, Jean Carlos Derro, Diego Ferreira da Silva) e um guarda-vidas (Paulo Tadeu Bonfim) para auxiliar na hora do banho de mar dos frequentadores com deficiência do Praia Acessível. Para participar do projeto basta apresentar para um dos profissionais o nome, idade e cidade de onde vem (caso seja turista).

O Praia Acessível funciona de segunda a sexta-feira das 10h às 16h, e segue até o dia 09 de fevereiro. O projeto é aberto a todos os públicos (exceto banho de mar com as cadeiras anfíbias) visando a interação e também para a comunidade em geral saber quais são as limitações e dificuldades que uma pessoa deficiente enfrenta na hora de fazer alguma atividade física.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.