- PUBLICIDADE -

Vigilância sanitária fecha local clandestino de serviço cadavérico em Itapema

Casa pertence ao mesmo responsável pela concessão do serviço em Itapema

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

local clandestino de
Divulgação

Após receber denúncia na manhã da última segunda-feira (22) a Vigilância Sanitária de Itapema esteve em uma residência no Bairro Sertãozinho onde foi constatada a realização do serviço de tanatopraxia – procedimento de preparação do cadáver para o velório ou funeral -, de forma irregular.

Com as fotos entregues ao departamento de vigilância, uma ação para vistoriar o local foi montada com apoio da Polícia Militar. Durante a vistoria foram encontrados produtos como formol e até maquiagens utilizadas na preparação de cadáver.

“Além de todos os indícios que apontam que o local servia para a preparação de cadáver, também presenciamos a chegada de um corpo”, afirmou o Diretor da Vigilância Sanitária, Juliano Roberto Stancke.

Contrato de concessão

A casa onde funcionava a realização do serviço cadavérico de forma irregular pertence ao mesmo responsável pela concessão do serviço em Itapema. “Com todos os dados e informações apuradas pela Vigilância Sanitária, vamos agora averiguar se as ações praticadas pela empresa estão em desacordo com o contrato de concessão e se assim for constado o mesmo perderá o direito a exercer o serviço em Itapema, afirmou o Procurador Geral do Município de Itapema, José Patrício Neves da Fontoura.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.