- PUBLICIDADE -

Camboriú elege novos conselheiros tutelares

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

Os munícipes de Camboriú elegeram na tarde deste domingo, dia 27, os cincos novos conselheiros tutelares. Com 817 votos, Adriano Gervásio foi o mais votado na categoria “Nivel Superior”, seguido de Sônia Regina de Oliveira, com 238 e Valmor Dalago, com 85. Já na categoria “Nivel Médio” quem levou a melhor foi Tanalu Garcia Simões que somou 531 votos, seguida por Elisabete Machado de Oliveira, com 322. Ao todo, foram computados 3.501 votos, sendo que 09 foram em branco e 22 nulos.

De acordo com o Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Ivan Leal, a eleição ocorreu de maneira muito tranquila e transparente. “Gostaria de agradecer imensamente aos votantes e também aos que nos auxiliaram nesta eleição. Todos estão de parabéns”, declarou.

Além dos conselheiros efetivos também foram eleitos cinco suplentes, sendo eles: Tito Leonardo Santos, Izabel Cristina Vieira Meine, Airane Teresinha Ramalho, Deivis Rodrigo Santos e Marli Alves Benedete.

Após o resultado, a Prefeita Municipal Luzia Coppi Mathias parabenizou os eleitos e destacou a importância do serviço que os conselheiros tutelares prestam para a cidade. “Daqui para frente vocês terão todo o suporte do Poder Público Municipal para desempenhar este trabalho belíssimo. Sem dúvida, vocês têm um papel fundamental na nossa cidade, visto que trabalham junto com a família, na ressocialização da sociedade”, declarou.

A eleição do Conselho Tutelar de Camboriú foi realizada durante todo este domingo, encerrando por volta das 21h. A contagem dos votos foi feita no auditório do Paço Municipal.

Conselho Tutelar: o que é?

O Conselho Tutelar é a porta de entrada das denúncias de situações de abuso e maus tratos cometidos contra crianças e adolescentes. Também é o principal requisitante de serviços, como vagas em escolas e creches, hospitais e pedido da suspensão de pátrio poder, nos casos mais graves.

De acordo com o artigo 136 do ECA, o Conselho Tutelar deve ainda assessorar o Poder Executivo local na elaboração da proposta orçamentária para planos e programas de atendimento infanto-juvenil; encaminhar ao Ministério Público infrações administrativas, atender e orientar pais, familiares ou responsáveis pela criança ou adolescente, entre outras coisas.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.