- PUBLICIDADE -

Prédio onde mulher morreu ao ser atingida por escada de concreto foi interditado

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

Escombros atingiram mulher após queda - Reprodução/RBS TV

Engenheiros da prefeitura de Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, vão analisar se existe a possibilidade de recuperar o prédio onde uma mulher morreu na noite de sexta-feira. Uma escada de concreto desabou sobre ela. O prédio foi interditado e as cinco famílias que moram no local foram retiradas.

Maria Joana Ewers, de 44 anos, subia a construção para chegar até o apartamento onde morava quando a escada de concreto do segundo andar desabou sobre ela. A vítima teve traumatismo craniado e chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu no hospital.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Balneário Camboriú, a construção estava irregular e não tinha alvará da prefeitura e dos bombeiros.

Fonte: Diário Catarinse


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.