- PUBLICIDADE -

EMASA verifica balneabilidade da praia em análise semanal

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

PagAuto vende seu veículo em 50 minutos: em BC, Itajaí e Floripa

Na PagAuto seu veículo é vendido com avaliação profissional e pagamento na hora em uma negociação 100% segura

A extensão da rede de esgoto de Balneário Camboriú proporciona a melhoria das condições de balneabilidade nas praias. Isso é comprovado através de análises semanais realizadas pela equipe técnica da EMASA – Empresa Municipal de Água e Saneamento, quando é medida a qualidade do banho de mar desfrutado por moradores e turistas. A avaliação é propicia para evitar riscos à saúde durante esse momento de lazer.

O estudo é desenvolvido mesmo ao término da temporada de verão. Ao todo, são 14 pontos de coleta, inclusive nas praias agrestes: Laranjeiras, Estaleiro, lagoa e praia de Taquaras. Fatores interferem na balneabilidade como despejos domésticos nas proximidades da praia, córregos afluindo ao mar, ocorrência de chuva e condições de maré.

A Prefeitura desenvolve ações complementares para minimizar a contaminação da água: aumento da eficiência da ETE – Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Nova Esperança, construção do molhe do Pontal Norte e galerias de infiltração, além da vistoria constante às ligações de esgoto clandestinas.

Análise de balneabilidade

Com base na resolução n°274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), são necessárias a coleta de cinco amostras consecutivas para chegar a um resultado.

Um ponto é avaliado como impróprio quando em 80% dos resultados é encontrado um volume do agente Escherichia coli superior a 800 NMP – Número Mais Provável, por 100 litros de água coletada.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.