- PUBLICIDADE -

Jogador deixa o Marcílio Dias para atuar na primeira divisão do Japão

O atleta será emprestado por um ano e pode render dinheiro ao Marinheiro se for vendido

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser em agosto

10 sessões de depilação a laser em uma área pequena! Não vai perder esse presentão, né?
Arthur Feitoza
Bruno Golembiewski/Marcílio Dias

O volante Arthur Feitoza, de 23 anos, recebeu uma proposta do FC Tokyo, da primeira divisão do Japão e não defenderá as cores do Marinheiro no Catarinense de 2019. O interesse no atleta veio após as boas atuações com a camisa do Marcílio Dias na Série B e na Copa Santa Catarina de 2018.

Arthur Feitoza pertence ao Votuporanguense-SP mas estava emprestado ao Marcílio Dias até o fim do Campeonato Catarinense. Ele será novamente emprestado, desta vez para o clube japonês, por um ano. Após esse período, se o FC Tokyo comprar os direitos do jogador, o Marinheiro embolsará 20% do valor, conforme acordo feito entre as partes envolvidas.

“Fui muito feliz na minha passagem no Marcílio Dias, que me abriu as portas e me proporcionou jogar num grande nível, tornando possível um dos meus sonhos que era jogar fora do país. Serei um torcedor do clube e tenho certeza que faremos uma grande Série A”, afirmou Arthur.

Como um dos destaques do Marinheiro no ano, Arthur Feitoza conquistou o acesso na Série B participando de 19 partidas, com nove vitórias, sete empates e três derrotas. Foram mais de 1600 minutos em campo, e um gol marcado. Já na Copa SC, foram mais seis partidas, somando 504 minutos, e mais uma bola nas redes.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -