Divulgação

Com todos os ingressos vendidos com antecedência online e também esgotados na bilheteria quando ainda faltava 1h para a partida, o Ginásio da Barra ficou lotado nesta terça-feira (8), quando o Vôlei Balneário Camboriú (VBC) enfrentou a equipe Sesc/Rio, do multicampeão Bernardinho. Apesar de não conseguir vencer dos visitantes, o VBC fez um jogo bastante equilibrado com parciais de 19×25, 22×25 e 17×25, fechando em 3 sets a 0, em jogo válido pela Superliga.

No primeiro set, a equipe do VCB pecou em alguns erros de recepção e ataque e o Sesc/Rio aproveitou. O segundo set, o melhor e mais disputado do jogo, com muito apoio da torcida, o Vôlei Balneário Camboriú quase fechou o set, mas a equipe de Bernardinho levou a melhor, mesmo com muitas reclamações de erro de arbitragem do time da casa. O último set foi a maior diferença de pontos entre as equipes.

No jogo, ansiedade e nervosismo prejudicaram a equipe. A ponta Paula Mohr, melhor sacadora da equipe VBC na Superliga, analisou a partida. “O primeiro set ficamos nervosas e ansiosas, até entrarmos no jogo. Segundo set infelizmente, foi um erro da arbitragem em um momento crucial, na bola da Rosane que estourou no bloqueio e se não fosse o erro poderíamos ter fechado o set. Jogar contra um time forte, nós temos que estar 100% o tempo inteiro e é muito difícil. Mas vamos continuar treinando pra sexta-feira buscar a vitória, que se Deus quiser vai vir”.

O técnico Maurício Thomas destacou a determinação da equipe e o bom jogo, apesar da derrota. “O segundo set foi muito decisivo. Nunca jogamos contra Kosheleva ou Penã. Muitas aqui estão, no ano de estreia na Superliga e há essa ansiedade de saber o que vai enfrentar. Jogamos bem, uma boa partida, o segundo set nós tivemos chance de ganhar e a arbitragem prejudicou a gente em duas bolas, certeza que era a nossa. Isso emocionalmente pro nosso time é muito difícil porque lutamos muito e em duas bolas decisivas dá aquela abaixada no ritmo”, finalizou.

O prêmio “Viva Vôlei – Melhor jogadora em quadra” foi para a levantadora do Sesc/Rio, Roberta Ratzke.


Bernadinho

Apesar de ter um jeito explosivo dentro de quadra e de muita cobrança com suas jogadoras, Bernardinho prontamente foi atender as dezenas de pedidos de fotos e autógrafos, depois do apito final. Muito prestativo, atendeu crianças e adultos, sem deixar de retribuir todo o carinho de cada um, com fotos que ele mesmo fazia questão de tirar ou autógrafos em bolas, camisetas e livros.


Confrontos em casa

A equipe do VBC fecha turno contra a equipe do Pinheiros, na próxima sexta-feira, dia 11 de janeiro, também no Ginásio da Barra.

O Vôlei Balneário Camboriú inicia o returno fora de casa contra o Praia Clube e depois retorna para Balneário Camboriú contra o Fluminense dia 25 e contra o Curitiba Vôlei dia 29 de janeiro.

Os ingressos já estão disponíveis para venda. No dia do jogo, a bilheteria funciona das 9h às 12h e, depois, a partir das 18h (quando abrem os portões) até o início da partida. Os valores são de R$20 (inteira) e R$10 (meia), com dois reais de taxa do site www.sympla.com.br.

O MSC Seaview chega em BC com 6.541 pessoas a bordo.

Posted by Click Camboriú on Wednesday, January 9, 2019


COMENTE ABAIXO ⬇

resposta(s) publicada(s). (Obs.Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site)