- PUBLICIDADE -

Segunda rodada do Beach Soccer é marcada por jogos emocionantes e goleadas

Arenas do Molhe e da Atalaia receberam as partidas

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser em agosto

10 sessões de depilação a laser em uma área pequena! Não vai perder esse presentão, né?
beach soccer itajai
Divulgação

A segunda rodada do Campeonato de Beach Soccer da Fundação Municipal de Esporte e Lazer (FMEL) foi marcada por goleadas e jogos disputados até o último segundo, no último fim de semana (13 e 14), nas Arenas do Molhes e da Praia da Atalaia.

Na Arena da Praia dos Molhes, a categoria veteranos mostraram a sua categoria com jogos bem disputados. Em um dos jogos do sábado, o Badejo venceu o Bagre por 4 a 3, enquanto no segundo, o Traíra venceu o Trilha por 8 a 2. No domingo, o Esponja do mar ganhou do Calamares nos pênaltis por 1 a 0 e o Leão Marinho goleou o Lambari.

Pela categoria master, com os jogos também sendo realizados nos Molhes, o Badejo ganhou do Camarões nos pênaltis por 2 a 1 e Traíra aplicou 8 a 4 no Bagre. Já no domingo, Marisco fez 5 a 3 no Corrupto.

Novos e feminino

Pela categoria Novos no sábado, Coral fez 8 a 1 no Trilha; Boto venceu Pampo por 5 a 4; e Cação aplicou uma goleada de 5 a 0 contra Lagosta. No domingo, Sereia fez 4 a 1 no no Badejo; Meca ganhou do Robalo por 4 a 3; e Espada conquistou a vitória sobre Ostra por 5 a 2.

No feminino, as mulheres também mostraram seu talento na Arena da Atalaia com duas partidas disputadas no fim de semana. Em um desses jogos, o Beira-Rio venceu o Pride nos pênaltis por 1 a 0 e, no duelo realizado no domingo, o TB Society fez 3 a 2 nas Galáticas.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -