- PUBLICIDADE -

Barroso espera jogo difícil contra o Criciúma

Nei e Robenval esperam jogo difícil em Criciúma, mas acreditam em um resultado positivo

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

robenval
O zagueiro Robenval (Leandro Romano/divulgação)

Depois de uma maratona de cinco jogos em duas semanas, o Almirante Barroso teve pela primeira vez neste Campeonato Catarinense uma semana inteira livre para treinamentos e recuperação dos atletas. Entre atividades de academia e de campo, o pensamento no alviverde itajaiense é um só: ir até Criciúma no domingo e voltar para casa com um bom resultado.

Barroso e Tigre se enfrentam no estádio Heriberto Hulse, às 19h30 de domingo, brigando diretamente por posição na classificação do turno do Catarinense. Enquanto o Almirante tem seis pontos e ocupa o sexto lugar, o Criciúma tem um ponto a mais apenas, figurando na terceira colocação.

Um dos atletas mais experientes do grupo, o lateral direito Nei sabe as dificuldades que o Barroso vai enfrentar no Sul do Estado, mas acredita nas qualidades do Almirante para surpreender o Tigre em sua casa.

“É sempre complicado jogar contra o Criciúma dentro da casa deles, onde eles tentam impor um ritmo forte de jogo desde o começo. Temos que ser inteligentes, para chegar lá e colocar o nosso ritmo. Estamos bem postados dentro de campo, com uma organização muito boa, viemos fazendo bons jogos, que têm agradado a todos. Temos que chegar lá, fazer um bom jogo e tentar trazer uma vitória. É um jogo de seis pontos, o Criciúma está um ponto na nossa frente, então com uma vitória nós passamos dois pontos na frente deles e almejamos coisas melhores no campeonato”, comenta o jogador.

O pensamento do zagueiro Robenval é parecido. Depois do empate do Barroso em casa contra o Metropolitano, o defensor destaca a importância de pontuar fora de Itajaí. “A expectativa para o jogo é a melhor possível. Já que não viemos de um bom resultado, que foi o empate contra o Metropolitano, agora é tentar buscar pontos lá em Criciúma. É um clube maior, com maior estrutura, mas dentro de campo são 11 contra 11 e quem tiver mais vontade vai sair com a vitória”, completa.

Enfrentar adversários que figuram entre os times das Séries A e B nacional já se tornou rotina na vida do Barroso neste Catarinense. Nas cinco primeiras rodadas, o alviverde já enfrentou Joinville, Chapecoense e Figueirense e não perdeu para nenhum deles.

“A visibilidade do Campeonato é muito grande hoje, por ter cinco times grandes na disputa. Acho que nós temos feito bons jogos, como a vitória contra o Figueirense e o empate com um a menos contra a Chapecoense, por isso acho que a gente está no caminho certo. Agora é consertar o que a gente vem errando e melhorar o que vem dando certo para buscar algo melhor lá na frente”, conclui Nei.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.