BC será cenário para longa-metragem Meu Pai é Figurante

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Balneário Camboriú é cenário de cinema. Nunca essa afirmação teve tanto sentido como agora que a cidade vai virar set de gravação do longa-metragem “Meu pai é figurante”, que tem Dedé Santana, Luana Piovani, Armandinho e Sidney Magal no elenco, e com participações de novos talentos, descobertos a partir de oficinas de interpretações ministradas pelo diretor catarinense Rodrigo Castelhano.

A iniciativa é da Agência Faro Model’s, sediada no estado de São Paulo e com filial em Balneário Camboriú, e da Gueko filmes de Santa Catarina. As gravações iniciam dia 9 de agosto em alguns pontos da cidade e a previsão é que na quarta-feira (10) a gravação seja na Barra Sul. Aproximadamente 80 pessoas, entre elenco e produção, participam do longa.

Para o diretor executivo do projeto, Marcel Lopes, essa é uma oportunidade de aproveitar talentos locais. “Esse filme vai ser rodado aqui, com os agenciados da Faro. Acompanhando os trabalhos da agência surgiu a ideia de fazer um filme para crianças e adolescentes, e isso é muito importante porque estamos entrando no cinema nacional”. Segundo Marcel a previsão de estreia é na abertura da temporada de verão de Balneário Camboriú, em dezembro, para aproximadamente 100 mil espectadores.

Para o secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Carlos Humberto Silva, o filme é uma ótima oportunidade de divulgação da cidade. “As belezas naturais serão cenário da produção. Apoiamos o projeto porque é mais um elemento que valoriza Balneário Camboriú”.

O prefeito Edson Piriquito diz que a cidade é cartão postal para o mundo inteiro, mas agora será cenário para o cinema e o filme que será rodado nos próximos dias, é um bom começo para que Balneário Camboriú apareça também na telona. “O cinema brasileiro está há algum tempo num bom momento e agora temos a oportunidade de mostrar ao país, que a cidade é um ótimo cenário para a gravação de um filme”, disse Piriquito.

Sinopse

Meu Pai é Figurante é um filme de Rodrigo Castelhano que conta a história do Senhor Jacinto, um humilde e pacato viúvo aposentado, interpretado pelo eterno trapalhão Dedé Santana. Senhor Jacinto mora com sua filha Marta, interpretada por Luana Piovani, e suas netas. Em um dia normal enquanto tomava seu café e comia um pastel, sua vida muda repentinamente após receber um estranho convite, feito por um caça talentos que ganha vida, interpretado por Sidney Magal. Senhor Jacinto foi convidado a participar de um teste de elenco para trabalhar como figurante em uma novela. Após passar por momentos de altos e baixos, durante o teste ele conhece o excêntrico diretor da novela, vivido por Julio Rocha, que inicialmente desmotiva e humilha o calmo Senhor Jacinto. Entretanto, no decorrer da trama, Jacinto percebe que o diretor é a peça chave para a realização do seu sonho.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -