- PUBLICIDADE -

Chuvas afetam mais de 440 mil catarinenses em 46 municípios

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Conforme previsto pela Secretaria de Defesa Civil, a chuva castigou Santa Catarina da madrugada de quarta (7) até esta quinta-feira (8). Dez municípios decretaram situação de emergência e 25 emitiram notificações preliminares de desastre (Nopred). As chuvas atingem mais de 440 mil pessoas em 46 municípios. Os dados são referente ao boletim das 17h30 desta quinta-feira (8), emitido pela Secretaria de Defesa Civil.

A principal região atingida é o Vale do Itajaí, com mais de 400 mil pessoas em 24 municípios. O primeiro município a decretar situação de emergência foi o de Rio dos Cedros, que tem mais de 10 mil pessoas afetadas. As regiões Norte e da Grande Florianópolis também registraram ocorrências em alguns dos municípios.

Blumenau já decretou situação de emergência, afetando 280 mil pessoas. O governador Raimundo Colombo esteve na cidade para verificar a situação das pessoas. “Viemos levantar as informações e ver como está a cidade. A situação realmente é negativa e o Estado vai dispor toda a sua estrutura para ajudar tanto Blumenau como as outras cidades.” O governador também esteve em Rio do Sul, onde o prefeito Milton Hobbus decretou estado de calamidade pública pelas inundações e deslizamentos de terra, além da expectativa do o rio chegar ao nível de até 12 metros, causando problemas em vários bairros da cidade.

O nível do rio Itajaí-Açu obrigou 15 mil moradores a se deslocarem para casa de familiares ou amigos e 41 pessoas estão desabrigadas. A previsão é de que o rio chegue a 14 metros às 5h da manhã de sexta-feira (9).

Em Florianópolis, 426 pessoas estão desalojadas e 118 residências foram danificadas. A cidade é atingida por enxurradas e tem os sistemas de água e energia com problemas em alguns bairros.

Nas últimas 24 horas, já choveu em algumas cidades catarinenses mais do que a média de todo o mês de setembro. As chuvas também causaram alagamentos e deslizamentos em diversos municípios. Na BR-280, Km 96, entre Corupá e São Bento do Sul, a rodovia está interditada por uma queda de barreira. Pelo menos sete estradas estaduais também foram atingidas e algumas estão com trânsito interrompido.

Previsão
Para esta sexta-feira, a previsão da Defesa Civil para essas regiões é para que as chuvas se estendam até o início da tarde desta sexta-feira (9). Há a possibilidade de novos alagamentos e deslizamentos em áreas de encosta. No decorrer da sexta-feira, a nebulosidade deve ser variável e a temperatura deve aumentar. No Oeste e no Meio-Oeste, a previsão é que ocorra chuva isolada durante a madrugada, com diminuição da nebulosidade e aberturas de sol durante o decorrer do dia.

Recomendações da Defesa Civil:
No caso de ventos fortes ou tempestades: as pessoas devem procurar abrigo em locais seguros e não transitar em locais abertos, próximo a árvores, placas ou objetos que possam ser arremessados.

Alagamentos: deve evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Se houver granizo é aconselhável que as pessoas se protejam em lugares com boas coberturas, ao exemplo dos banheiros das residências, fechar janelas e portas, e não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos.

Deslizamento de terra: deve ser observado qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências e inclinação de postes e árvores. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal ou o Corpo de Bombeiros.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão. O telefone para contato é o (48) 3244-0600 ou 4009-9816.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.