- PUBLICIDADE -

Cadeirante reclama da “bagunça” nas vagas de deficientes

"A bagunça está liberada, infelizmente", lamenta o cadeirante Luis Carlos Cipriani

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

“Sou cadeirante, e o que mais vemos em supermercados, vias públicas, etc, são vagas de deficientes e idosos sendo usadas por pessoas que não tem deficiência, muito menos a credencial que é obrigatória para o uso das mesmas.

Nas vagas dos supermercados, tem placa dizendo que tem multa para quem parar na vaga e o numero 153 para denúncias. Liguei no número, e ao ligar fui informado que, para eles multarem e tomarem as devidas providencias, o estabelecimento teria que ter uma placa do COMTRAN indicando a vaga.

Ou seja, pode parar a vontade nas vagas, pois os estabelecimentos não tem essa placa determinada por eles. Logo, não adianta denunciar. E os estabelecimentos, nada fazem também. A bagunça está liberada, infelizmente. Só o que resta é a falta de respeito pelo próximo.”

Relato de Luis Carlos Cipriani.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.