- PUBLICIDADE -

Ex-candidato Gregolin, do PT, é acusado de abandonar cão usado em campanha

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Curso de Gastronomia da UniAvan é reconhecido com conceito 5

Infraestrutura moderna, formação dos professores e possibilidades de estágios internacionais são alguns dos diferenciais destacados

O que mais parecia uma atitude nobre, e um grande gesto de carinho aos animais, pode não ter passado de um ato demagogo seguido de crime. O ex-candidato a deputado federal Gregolin é acusado de abandonar um cachorro após ter supostamente acolhido o animal das ruas de Itapema.

gregolina
Cachorro foi usado na campanha do candidato.

Durante uma caravana por Porto Belo nesta semana, a pobrezinha correu ao lado dos carros em que estávamos por 20 quadras. No meio do caminho parei para fazer carinho e dar água a ela. Quando retomamos nossa jornada, mesmo cansada, ela se levantou e veio atrás novamente. Não tive como não ceder ao olhar dessa lindeza, que seguiu viagem conosco dentro do carro e acabou se tornando nossa mais nova companheira. Eu e minha esposa Jane Matos a recebemos em casa, onde ela ficará na companhia da nossa pequena Chanel, uma Yorkshire de um ano. Como sou médico veterinário dei uma primeira avaliada no estado de saúde da Gregolina, que apesar de muito fragilizada, está saudável e super disposta. Depois a levamos para uma clínica para ser atendida. Quero ressaltar que o nome dado à nossa amigona não foi escolha minha, mas fiquei muito feliz com a homenagem da nossa equipe“, este é o relato do candidato em seu facebook, publicado no dia 3 de outubro.

A história passa a ter uma reviravolta, que você confere nos screenshots a seguir:

[su_dropcap size=”2”]1[/su_dropcap] A cachorrinha não era um animal abandonado. Gregolin recolheu um cão que recebia cuidados, e seus responsáveis estão à sua procura.

peregrina

Calma que a história vai ficar pior…

[su_dropcap size=”2″]2[/su_dropcap] A mesma cachorrinha acolhida pelo nobre candidato foi vista posteriormente pelas ruas de Balneário Camboriú.

idozinha

Concluindo: acolhida em Itapema, e abandonada em Balneário Camboriú.

Se a história do abandono se confirmar, Gregolin, que é veterinário, deveria ser proibido de exercer a profissão. Abandono de animais é crime, legitimado pelo artigo 164 do Código Penal, que prevê detenção de 15 dias a 6 meses, ou multa.

O Click Camboriú tentou contato com o ex-candidato, mas não obteve sucesso. A ex-assessora de imprensa Marjorie ficou de passar o contato da redação para Gregolin, para que ele pudesse esclarecer a história, mas até o momento da publicação, não obteve retorno.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.