- PUBLICIDADE -

Efetuar pesquisa em sites de grandes lojas é perder tempo

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

caloi
Foto: Divulgação Caloi

Precisei comprar uma bicicleta, para o dia-a-dia. Como estava sem tempo para fazer uma pesquisa de preço nas lojas locais, entrei nos sites das lojas e fui à que me interessou. A bicicleta escolhida a principio foi uma Fischer ofertada no site da Loja Salfer no valor de R$ 399,00 em 10x  s/juros no cartão. Além do preço e a condição de pagamento também levei em consideração por ser uma marca local fabricada no município de Brusque, mas infelizmente nem o preço e muito menos a condição de pagamento coincidiam com o site. Na Loja estava por R$ 429,00 e em prestações no cartão teria acréscimo.

Sai da Salfer e fui para as Casas Bahia, que tinha uma bicicleta similar por R$ 399,00 e em 10x s/juros divulgada em seu site. Entrar nesta loja é incrível, quando vou determinado à comprar não aparece um vendedor (a loja pode estar vazia), mas se vou para pesquisar algum preço vem dois ou três. Após conseguir atendimento e perguntar pelo produto o vendedor me informou que é um produto exclusivo do site e a Casas Bahia trabalha com linhas de produtos diferentes para a loja e para o site.

Da Casas Bahia fui para a Ponto Frio, que tem bicicletas divulgadas em seu site mas não trabalha com o produto na loja. Como estava terminando meu horário de almoço, desisti, para retornar em algumas lojas no fim de tarde.

Então foi a vez da Magazine Luiza, que pro sinal também não honra o preço divulgado no site, mas com um desconto chegaram ao preço, mas não na condição de pagamento. Chamado o gerente da loja, conseguiu fazer em 3x s/ juros. Aceita a proposta e quase a venda concluída, o gerente me informa que a bicicleta seria entregue após três dias e levaria até mais três para a montagem, só com um porém, a bicicleta não iria engraxada e eu teria que engraxar. Eu questionei a ele se por ventura ele já imaginou comprar um veículo automóvel zero e o vendedor informa ao cliente que falta colocar o óleo no motor ou engraxar os rolamentos. Já que se engraxa a bicicleta quando está se montando, e se deixar sem a lubrificação necessária as peças certamente ocorrerão desgaste prematuro, desisti da compra, como fiquei mais de uma hora na loja, as demais fecharam, e fui fazer um passei no Balneário Camboriú Shopping.

Passeando no Shopping me deparei com a Bike Jump, pensei duas vezes antes de entrar na loja, já que a bicicleta que estava em exposição na vitrine custa mais de R$ 8 mil. Mas entrei e perguntei o preço de uma Caloi XRT, que estava quase no fundo da loja. O valor me agradou, R$ 529,00 em 6x s/juros. Aí foi a vez de perguntar sobre entrega. A resposta: IMEDIATA. Engraxe, resposta: FEITO. Garantia e revisão, resposta: DIRETO COM ELES. Mesmo sendo de valor mais elevado que as outras que custavam R$ 399,00, optei em levar um produto que não iria me causar problemas futuros e me fazer esperar (esse é principal motivo de eu não fazer compras pelos sites). Compra feita e agora como levar? No carro não dava. O jeito foi deixar o carro e ir pedalando. Levei 15 minutos até em casa. Levo quase isso de carro sem congestionamento. Cheguei em casa, e como voltar? Como não gosto de moto, optei em não pegar uma moto-taxi e parti para o ônibus. Esperei 10 minutos e nada. Então fui caminhando pela 3ª Avenida. O ônibus foi passar por mim quando eu estava na Alvin Bauer com a 4° Avenida 35 minutos após minha saída do ponto.

Levando em consideração a demora do ônibus, o trânsito congestionado, apesar de todas os obstáculos nas vias onde não possuem ciclovia e até mesmo nas que possuem a bicicleta tem se mostrado o meio de transporte mais eficiente.

Quanto ao fato de as lojas não honrarem os valores expostos nos site, cheguei a entrar em contato com o PROCON e o Ministério Público. Tanto um quanto o outro informaram que nada podem fazer, pois são considerados dois meios de atividades distintos. O que achei estranho é que, além de tudo, os sites são um meio de divulgação para estas lojas, assim como um encarte um comercial de TV e Rádio, etc, sendo que nestes últimos se eles noticiarem alguma oferta e esta estiver com valor ou condição de pagamento divergente, o comerciante é obrigado a cumprir. Vai entender!


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.