Bairros do Sul/Centro: trajeto perigoso para ciclistas e pedestres

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Acesso ao bairro da Barra e demais bairros ao sul

Um grave problema que persiste por décadas, ou melhor, desde a fundação do Município de Balneário Camboriú. Pedestres e ciclistas arriscam suas vidas constantemente no trajeto que liga a região central aos bairros ao sul do município (como é conhecida a parte que fica após o Rio Camboriú). O trajeto não possui ciclovia e muito menos espaço reservado para pedestres, o que os obriga à dividirem espaço com veículos automotores na pista de rolamento e no acostamento da via.

No local, BR 101 Km 134 ao 136, muitos atropelamentos já ocorreram inclusive com óbitos. Os pontos mais críticos são a saída da Barra, onde veículos transitam por um longo trajeto no acostamento até conseguirem entrar na pista, e na entrada para Balneário Camboriú, Rua 3300 (foto). Autoridades competentes estão fechando os olhos para tal fato. Dentre as autoridades podemos destacar o Governo Federal, Polícia Rodoviária Federal (que poderiam enviar relatórios solicitando providências, já que esta dentro de suas atribuições realizar o patrulhamento ostensivo, executando operações relacionadas com a segurança pública, com o objetivo de preservar a ordem, a incolumidade das pessoas, do patrimônio da União e o de terceiros;  realizar perícias, levantamento de locais, boletins de ocorrências, investigações, testes de dosagem alcoólicas e outros procedimentos estabelecidos em leis e regulamentos, imprescindíveis à elucidação dos acidentes de trânsito), o Governo Municipal e a Empresa Auto Pista Litoral.

Além da BR 101 existem outros dois acessos que ligam esta localidade. A balsa que funciona das 6h à meia noite na Barra Sul, ou por Camboriú, pela Estrada Geral do Barranco, que por sinal aumentaria e muito o percurso, o tornando inviável. Na Barra Sul deveria existir uma ponte, mas graças a Leonel Pavan na época como vereador a construção foi paralisada.
Significado de incolumidade:
incolumidade (in-co-lu-mi-da-de) sf (lat incolumitate) 1 Estado ou qualidade de incólume. 2 Isenção de perigo. 3 Segurança.

Observe o risco de queda do ciclista

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -