Micro-ônibus da FME foi usado para transporte de membros de igreja

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Veículo foi  usado para o transporte de membros da Igreja Luz da Vida. Aviso às demais igrejas: quando precisarem de um veículo para transporte de passageiros podem entrar em contato com a Fundação Municipal de Esportes, já que ela liberou para um, tem que liberar para todos, embora seja ilegal tal favorecimento. Quem me confirmou tal fato foi o esposo da Pastora Débora.

Acesso a estrada Geral dos Macacos - Camboriú

Quando eu penso que não presenciarei nenhuma irregularidade, e que aproveitarei o domingo, passa um micro-ônibus da Fundação Municipal de Esportes (FME), ou “Fundação  Municipal de Transportes”, de Balneário Camboriú, transitando no município de Camboriú.

Me deslocava para a estrada Geral dos Macacos, por volta das 13h38min de domingo (30), quando me deparei com o veículo escrito “Balneário Camboriú” a minha frente. Percebi que se tratava de um veículo da Prefeitura de Balneário Camboriú cedido à Fundação Municipal de Esportes.

Após alguns minutos seguindo, o mesmo adentrou em um sítio chamado Betel, local utilizado para retiros de de igrejas. Falei com moradores da localidade, que me informaram que não estaria ocorrendo nenhum evento esportivo no local, que é o que justificaria um micro-ônibus de mais de 16 lugares transitando em Camboriú. Ou seria mais um caso de um funcionário público com regalias. Tentei contato com a Prefeitura por meio do Gabinete do Prefeito porém nenhum resposta foi apresentada. Acessei o Blog da FME e descobri que ele não sofre atualizações desde o final de 2008.

Entrei em contato com o Sítio Betel pelo telefone. A senhora Ariete me informou que no domingo não foi realizado nenhum evento esportivo no local e informou que o sítio estava reservado para membros da igreja Luz da Vida, só que não soube informar se o veículo serviu para o transporte dos mesmos. Esperava que o veículo não tivesse sido utilizado para este fim, pois imagine se todas as igrejas inventarem de pedir o veículo emprestado, ocorrerá uma briga e faltará veículos. E tal procedimento é ilegal.

Resolvi ligar para a Igreja Luz da Vida. Consegui a confirmação por meio do esposo da Pastora Débora que o veículo foi usado para transporte dos membros da referida igreja. Ligações gravadas serão enviadas para o Ministério Público, para que as medidas previstas em lei sejam tomadas.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -