- PUBLICIDADE -

Descaso com o Patrimônio Público: CEM Gov. Ivo Silveira

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

Imagem1051

Estive no Centro Educacional Municipal Governador Ivo Silveira, localizado na Av. Santa Catarina, 637, Bairro dos Estados (em frente a Secretaria de Obras).

Imagem1041

Era 19h do dia 18/01/2011, os portões estavam abertos. Entrei na unidade, permaneci no seu interior, bati algumas fotos, e nenhum vigia ou funcionário público me abordou para questionar o que eu fazia lá.

Pude perceber que a administração Municipal deixou o local ser destruído, quadras de esportes danificadas, paredes pichadas, local sujo, mato crescendo no interior da unidade.

Tal visita me deixou com lágrimas nos olhos, pois estudei no local e, na época, o local era muito bonito, embora não tivesse uma quadra coberta, que era uma das reivindicações. Infelizmente, não apenas em Balneário Camboriú, mas em boa parte dos municípios brasileiros, administradores públicos deixam as unidades se deteriorarem ou serem deterioradas por completo, para depois procederem uma reforma. Qual seria o motivo? Uma prevenção eficaz não custaria 20% de uma reforma como precisará ser feita no local. Será que nas residências dos referidos administradores ocorrem situações como as aqui presenciadas?
Imagem1050
Imagem1046
Imagem1040
Imagem1047


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.