Carta do Leitor: PS da Barra – “não concordo com o processo de privatização”

Publicado em

- Publicidade -

Tendo analisado os acontecimentos no Brasil, nao concordo com o processo de privatizaçao, pois é uma estrategia politica geralmente utilizada para angariar recursos para futuras campanhas, gostaria de saber qual o beneficio fiscal que a PMBC obteria com a privatização, pois atualmente numa empresa privada utilisa-se a privatizaçao pelos beneficios na reduçao de impostos ou mao de obra de necessidade temporária ou por falta de estrutura física adequada para o serviço.

Vendo que o PS 24hs da Barra é uma utilidade publica a qual nao será desativada tao rapidamente, e possivelmente deverá ser ampliado em breve, qual o principal motivo para a privatização, sendo que o mesmo se privatizado for, provavelmente passará a atender convênios médicos e particular, com isso vindo a cair a qualidade do serviço publico. Me recordo que em 2003 na campanha do atual prefeito foi muito falado referente o atendimento do Hospital Santa Inês, por ser privado, agora passados 07 anos o mesmo que criticava, quer privatizar Postos de Saúde do município.

Se a atual administração nao possua capacidade de administrar um Posto de Saúde 24 hs que foi tão reivindicado pelos moradores dos Bairros Barra, Nova Esperança, São Judas e Praias Agrestes, (devendo lembrar-lhes que a administração passada também nao teve a criatividade e capacidade para faze-lo) os mesmos deveriam ter dignidade de renunciar seus mandatos e informarem que nao era como eles pensavam a administração do município. Sendo que a atual administração não conseguiu abrir o Hospital Rute Cardoso, provavelmente deve ter o mesmo objetivo para aquele complexo hospitalar.

Para que pagar-mos para uma empresa administrar um órgão publico se isto ira gerar uma despesa maior do que se fosse administrado pelo município, ou a empresa ganhadora da licitação nao tera nenhum lucro em cima, ai a ¨história é para boi dormir¨. prova da privatizaçao é a empresa prestadora de serviços de coleta de lixo e limpeza publica, ninguém revela o lucro da mesma que por sinal é muito alto, ou seja se estivesse no comando da prefeitura a mesma poderia ter o mesmo n° de funcionários e a receita do município seria maior pois o valor da taxa de lixo retornaria ao IPTU, sendo que o lucro da referida empresa passaria aos cofres públicos, podendo ser utilizado em beneficio da coletividade, desde que nao fosse ¨desviado¨.

Agora só falta a atual administração privatizar e  pedagiar as avenidas, pois as vagas de estacionamento já foram pedagiadas pela antiga administração e ampliada na atual, em breve até na garagem da minha residência estarei pagando para guardar meu carro (sendo que já pago o IPTU), as escolas publicas, a secretaria de obras que parte ja esta privatizada (pois utiliza serviços da VIAPAV),  secretaria da fazenda, em vez de veiculos próprios, vender a frota existente e locar veiculos (como fez o congresso Nacional), entre outros, se eu soubesse que o Edson Renato Dias era a favor da privatizaçao de orgaos públicos não teria votado nele, nem muito menos trabalhado em sua campanha angariando votos para o mesmo. Embora não teria outra opçao, pois o Leko na época nao tinha a menor chance e o Dado como prefeito a prefeitura continuaria nas maos do Vice-governador Leonel Pavan, se é que ainda não esta, sendo uma coisa que não me tira da cabeça quando vi o sr Roberto D´Ávila, na campanha do atual prefeito. sem falar no Valmir da Obra que era um dos mais fervorosos cabos eleitorais de Leonel Pavan e hoje encontra-se como Secretario da Secretaria de Obras, estranho né? Sem falar na Cristina Barrichello, que era proxima de Leonel Pavan, teve ajuda dele em suas campanhas eleitorais, e hoje é Secretaria da Educaçao. E tantos outros que eram ligados a Leonel Pavan que hoje estao como cargo de confiança, sera que o Periquito esqueceu o que ocorreu com o sr Vilmar Castro ex prefeito de BC, ele espera o mesmo com ele?

Para finalizar parabenizo o Vereador Haniball, que pela primeira vez vi fazer algo pelo povo, espero que este projeto nao seja aprovado, pois será mais uma empresa para realizar doações nas futuras campanhas políticas. Outro questionamento a quanto anda a Guarda Municipal, que também sugeriram privatizaçao, hoje um vigilante contratado de uma empresa privada como Orsegups, Prosegur, Seguridade, Minister (nunca tinha ouvido falar nesta mas vi sua placa em frente ao hospital Rute Cardoso, e nos shows de carnaval bancados pela prefeitura) custa cerca de R$ 2000.00 a 2500,00.

Cabe ao MP verificar estas negociações envolvendo as privatizaçoes na administração publica.

Grato
JP


COMENTE ABAIXO ⬇
- Publicidade -

DESTAQUES

Festa Junina da UniAvan contará com a maior fogueira de BC

Bingo agitará a festa com prêmios de até R$500; A programação é gratuita e aberta a toda comunidade
- Publicidade -

UniAvan traz o primeiro Centro de Simulações Realísticas autorizado pela AHA para SC

Parceria pioneira traz para o Estado cursos voltados a cardiologia, Suporte Avançado e Básico de Vida, Primeiros Socorros, entre outros

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.