9 Melhores Filmes para ESQUECER o Dia dos Namorados

Se o que você quer é retirar seu time de campo e curtir a alegria de estar em sua própria companhia, essa lista é pra você

⚠ As matérias assinadas e publicadas pelos colunistas são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do Click Camboriú.

Publicado em

Colunista

Lucas Machado é jovem e residente de Balneário Camboriú. Gosta de falar sobre entretenimento, comportamento, política e cultura pop. O único problema é que ele é jornalista.

⚠ As matérias assinadas e publicadas pelos colunistas são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do Click Camboriú.

- Publicidade -

“Love is in the air!” – Já diz a música setentista de John Paul Young.

Mas especialmente hoje, dia 12 de junho, os restaurantes, cinemas, motéis e estacionamentos vazios estarão preenchidos de casais apaixonados que encontraram ou pensam que encontraram alguém especial para chamar de seu.

Ir a estabelecimentos como estes que citei sem uma companhia pode ser um pouco deprimente, fora que você vai se deparar com a felicidade alheia de quem tem alguém para compartilhar essa data.

Se o que o que você quer é retirar seu time de campo e curtir a alegria de estar em sua própria companhia, ainda que estar solteiro seja mesmo uma opção escolhida, separei para essa coluna de hoje algumas comédias que acredito que apresentam o outro lado da moeda de uma maneira divertida: a delícia de ser livre e estar aberto às possibilidades, celebrar as relações de amizade e as aventuras que o mundo tem a oferecer.

PEGA A PIPOCA E ANOTA AÍ:

  • Passe Livre

Jason Sudeikis já brilhava no Saturday Night Live, mas prova se prova como ator nesse filme como ninguém. Na companhia do veterano de comédias, Owen Wilson, o filme conta a jornada dos melhores amigos Rick e Fred, que estão casados há muito tempo e tentam revitalizar seus casamentos quando recebem permissão de suas esposas para fazer o que quiserem durante uma semana.

  • Minha Vida Em Marte

Sequência do bem-sucedido “Homens São de Marte e É Pra Lá Que Eu Vou”, arrisco em dizer essa é uma das melhores comédias nacionais dos últimos anos. Mesmo que o humor “Vida em Marte” se apoie quase todo no verborrágico Paulo Gustavo, a trama celebra a relação de amizade e companheirismo de Fernanda (Monica Martelli, do Saia Justa do GNT) e Anibal (Gustavo) em divertidas situações que vão de Nova York até uma sex shop cheia com brinquedos de “diversos tamanhos”.

  • Namoro ou Liberdade

Jason (Zac Efron), Daniel (Miles Teller) e Mikey (Michael B. Jordan) são grandes amigos, que estão o tempo todo juntos. Após descobrir a traição de sua esposa, Vera (Jessica Lucas), Mikey passa a morar no apartamento de Jason. Aproveitando a solteirice do amigo, o trio faz um pacto de pegar o maior número possível de mulheres e jamais ter um relacionamento sério.

  • Como Ser Solteira

Um belo exemplo da nova safra de comédias hollywoodianas que focam em personagens femininas e independentes, a trama começa quando Alice (Dakota Johnson) acaba de sair de um relacionamento e não sabe muito bem como agir sem outra metade. Para sua sorte, ela tem uma animada amiga (Rebel Wilson) especialista na vida noturna de Nova York, que passa a ensiná-la como ser solteira.

  • Amizade Colorida

Jamie é uma recrutadora em Nova York que convence Dylan, um diretor de arte de Los Angeles, a aceitar um emprego na revista GQ, em Manhattan. Os dois descobrem que têm muito em comum e se tornam amigos. Traumatizados por vários romances com finais infelizes, Dylan e Jamie decidem parar de procurar o amor verdadeiro e cair na diversão. Mas as coisas se complicam quando os melhores amigos acrescentam sexo ao relacionamento.

  • Finalmente 18

Do hall de filmes sobre noites desastrosas com amigos, esse é uma opção que assemelha muito a Projeto X ou Se Beber Não Case, porém pouco lembrada (sendo que cumpre com o objetivo de apenas fazer rir). A história se inicia na véspera de uma prova importante, quando um estudante de medicina comemora seu aniversário com seus dois melhores amigos, numa noite regada à bebida e muitas loucuras.

  • Megarromântico

Filme original da Netflix, esse é uma verdadeira tiração de sarro dos clichês de comédias românticas. Natalie (Rebel Wilson) é uma jovem arquiteta bastante cética em relação ao amor, que se empenha para ser reconhecida por seu trabalho. Um dia, ao saltar do metrô, ela é assaltada em plena estação e, ao reagir, acaba batendo com a cabeça em uma pilastra. Ao despertar em um hospital, ela descobre que, misteriosamente, foi parar dentro de um filme de comédia romântica.

  • Sexo Sem Compromisso

Amigos de longa data, Emma e Adam tornam seu relacionamento mais sério ao ter relações sexuais. Com medo de estragar a amizade entre eles, os novos amantes fazem um pacto para manter as coisas puramente no plano físico, sem brigas, sem ciúmes e sem expectativas. Emma e Adam prometem fazer o que quiserem, onde quiserem, contanto que não se apaixonem.

  • American Pie – O Reencontro

O tempo passa para todos e para a turma da cidadezinha de East Great Falls não foi diferente. Dez anos após a formatura, Jim (Jason Biggs), Michelle (Alyson Hannigan), Stifler (Seann William Scott), Finch (Eddie Kaye Thomas), Kevin (Thomas Ian Nicholas) e Vicky (Tara Reid) e o resto do grupo organizam um encontro para lembrar os bons tempos e acabam descobrindo que, apesar de mais velhos, continuam sendo adolescentes para muitas coisas.

por LUCAS MACHADO
jornalista
DRT 0006544/SC


COMENTE ABAIXO ⬇
- Publicidade -

Últimas do colunista

10 anos de 1007

Casa noturna se torna registro de uma juventude catarinense livre da intolerância

Empresa de Balneário Camboriú recebe 5 estrelas no Prêmio Melhores Franquias do Brasil

“Pequenas Empresas & Grandes Negócios” da Editora Globo reuniu marcas de todo o país na premiação
- Publicidade -

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.