Casa noturna da região é acusada de fazer promoção discriminatória

Promoção para casais ganhou repercussão negativa, por fazer diferenciação de preços em função de gênero e de orientação sexual

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Jogaderia resgata cultura dos jogos de tabuleiro no Balneário Shopping neste final de semana

Evento especial objetiva conectar as pessoas e proporcionar experiências com jogos longe das telas eletrônicas

A casa noturna El Fortin, de Porto Belo, pode ter perdido a mão ao criar uma promoção do dia dos namorados para o Winter Festival, que acontece no dia 06 de julho. A divulgação da promoção para casais no Facebook ganhou repercussão negativa na rede social, pois faz diferenciação de preços em função de gênero e de orientação sexual.

A diferenciação de preços em relação ao gênero por si só já é ilegal, de acordo com o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça e Segurança Pública. No que tange a sexualidade, muitos entendem que é discriminatório.

Conforme a promoção, casais heterossexuais pagam R$60 pista e R$190 backstage, enquanto pares masculinos pagam respectivamente R$90 e R$240 e pares femininos R$25 e R$ 100. Ou seja, o desconto para lésbicas é maior do que para o casal hétero. Já os homens gays, pagam mais que os anteriores. Há quem diga ainda que o fato de lésbica pagar menos serve para “alimentar fetichismo de macho escroto”.

“Não era pra ter igualdade de gênero nos ingressos?”, questionou Patrícia Carlos nos comentários da publicação. Na opinião de Priscila de Freitas a campanha soou preconceituosa: “Se for pra fazer casadinha, que seja um valor único para todos os públicos, não essa segregação de valores por gênero que me soou bem preconceituosa.”

“Não entendi muito… Qual a razão de um casal de 2 mulheres pagarem menos da metade do valor do ingresso para um casal de 2 homens?”, indagou Gildson Leandro. “É com promoções preconceituosas que vocês querem ser inclusivos? Garanto que na curadoria e mkt de vcs os LGBTQ passam longe. Melhorem. Melhorem muito!”, exclamou Lucas Pereira.

Qual a sua opinião?


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Clínica Beleti: reabilitação orofacial e estética

Conheça um pouco do que a reabilitação orofacial pode fazer por você
- Publicidade -