- PUBLICIDADE -

Moradora de Balneário Camboriú pede ajuda para vencer doença grave e rara

A jovem, que está com Siringomielia, descobriu uma esperança para seu tratamento, mas precisa da sua ajuda

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

Andressa Eger

A paranaense Andressa Regina Eger, de 23 anos, moradora de Balneário Camboriú, iniciou uma campanha na internet para custear seu tratamento para estacionar e reverter uma grave doença, que é rara e degenerativa, diagnosticada no final de 2014.

A jovem, que está com Siringomielia, depois de passar por muitos médicos, descobriu uma esperança para seu tratamento. Porém a cirurgia, que deve ser feita o quanto antes, é realizada apenas na Espanha, no Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis, de Barcelona.

A Siringomielia é uma cavidade dentro da medula espinhal que afeta todo o sistema nervoso, podendo chegar à invalidez permanente, com diminuição do tempo de vida do paciente, comprometimento grave da qualidade de vida e comprometimento neurológico.

A técnica realizada pelo Instituto é minimamente invasiva e já é feita há muitos anos, com riscos mínimos que garante o estacionamento da doença. A melhora dos sintomas depende de cada paciente, mas o sucesso do tratamento é de 94%. Diferente de outros tratamentos sugeridos aqui no Brasil que poderiam deixá-la com sequelas irreparáveis, como paraplegia, por exemplo.

A cirurgia e os custos de internação em Barcelona custam atualmente 17.800 euros, com despesas de passagens aéreas, hotel, alimentação, medicamentos para o tratamento de 6 meses e demais gastos para duas pessoas – pois é necessário levar um acompanhante -, o total necessário para custear as despesas é em entre R$ 100.000,00 e R$ 120.000,00.

Andressa, que é de Mercedes – PR, e cursava arquitetura na Univali em BC, tentou durante sete meses um processo judicial pelo Ministério Público para custear o tratamento fornecido em Barcelona, mas foi recusado. Depois de buscar várias alternativas como vender bens para juntar o dinheiro, o que não seria o suficiente, a jovem iniciou uma campanha para arrecadar o valor de seu tratamento.

Interessados em ajudar Andressa poderão acessar o seu site de doações, onde também terão mais informações de sua doença e seu tratamento, inclusive dos laudos médicos ou pelas contas bancárias:

  • Caixa Econômica: Agência 0921 – Operação 001- Conta 25845-3
  • Banco do Brasil: Agência 4008-8 – Conta 11000-0

Assista ao apelo:

https://youtu.be/v9gxpFT1RgM


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.