Inspirado no Rio $urreal, BC $urreal já tem causado barulho

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

rio surrealRIO SURREAL

Com o objetivo de divulgar e boicotar preços extorsivos praticados no Rio de Janeiro, a página Rio $urreal – NÃO PAGUE se tornou um sucesso! Em menos 20 dias de existência reuniu 178 mil seguidores e já apareceu em diversos noticiários e jornais do Brasil e do mundo. Devido ao enorme sucesso, a página serviu de inspiração para outras, como a POA $urreal, Brasília $urreal, Sampa $urreal, Salvador $urreal, e muitas outras.

BC SURREAL

bc surrealEm Balneário Camboriú, uma página que possui 22 mil seguidores tomou a iniciativa de criar o BC $urreal. Embora a iniciativa tenha sido bem recebida, teve pouca adesão. A página ainda questionou se todos estariam conformados com os preços abusivos praticados em BC. Até o momento, apenas dois casos haviam sido publicados. Um, sobre um estacionamento, que cobrou R$ 18 por 1h 03min de permanência. O outro, que obteve destaque inclusive, de uma pizzaria que cobrou R$ 45,50 por uma pizza com aparência de pizza congelada de mercado.

pizzaO CASO DA PIZZARIA

A cliente, que inicialmente não quis ser identificada, relata que “mais parecia pizza congelada de mercado”, a pizza de calabresa que lhe custou R$45,50, já com taxa de entrega. “Era só massa e molho. Não sei quanto as pessoas por aí estão acostumadas a pagar por uma pizza e saírem satisfeitos, mas pra mim esse preço é abusivo e me senti enganada”, disse ela.

A REPERCUSSÃO

A proprietária da pizzaria se manifestou com veemência a respeito do caso: “Esse é nosso estilo, esse é nosso conceito! Come quem quer! Vivemos em um mundo totalmente democrático, cheio de opções. Sabemos que nossa pizza não é o estilo dos brasileiros e ás vezes nem conhecida, porém corremos esse risco, e ainda assim, existe muita gente que sabe apreciar nosso produto. Aqui o importante é QUALIDADE e não quantidade! […] E não se esqueçam… Sempre há uma pizzaria perto de vocês que poderá corresponder as suas expectativas!”

A RETRATAÇÃO

Embora a cliente tenha decidido publicar anonimamente, a pizzaria sabia de quem se tratava e soube onde encontrá-la. Após a publicação do desabafo, o estabelecimento entrou em contato com ela por telefone, e ofereceu uma explicação, a convidando para conhecer melhor a casa e seus produtos. “Achei digno de nota e divulgação o fato do estabelecimento ter nos procurado e oferecido uma alternativa – isso prova que são sérios e que desejam agradar o cliente. […] Nenhum lugar aqui em BC havia me tratado desta forma. Estou acostumada a reclamar e tudo ficar por isso mesmo.”, finalizou a cliente.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Loja Feliz: campanha do Balneário Shopping em prol das crianças com câncer segue até 24 de agosto

Projeto é uma parceria entre a Almeida Junior, McDonald’s e Associação de Voluntários de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente (AVOS)
- Publicidade -