Comtur, preparativos para a temporada e olho na Copa do Mundo 2014

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Na última reunião do ano, realizada nesta quinta-feira (08), o assunto mais discutido entre os representantes das entidades que formam o Conselho Municipal de Turismo, foi a segurança pública. Ou melhor, a falta dela. “Vivemos a falsa sensação de segurança, os números de mortes, furtos e assaltos a comércios é preocupante. Quando uma família resolve visitar Balneário Camboriú ela leva em consideração a segurança. Precisamos melhorar”, ressaltou a presidente do Comtur, Olga Ferreira.

O Tenente Ricardo, representando a Policia Militar explicou que foi solicitado ao Comando Geral de Estado 160 PM´s para a Operação Veraneio, que começa na segunda quinzena de dezembro. “Hoje somos 130 policiais, trabalhando em média 40 por turno e esse número está defasado há anos. Pedimos mais 160 militares, mas sabemos que não vamos receber esse número,” lamenta.

Claudio Tancredo, policial do setor de jogos e alvarás da Polícia Civil, garantiu que na próxima semana policiais do COPE, Centro de Operações Especiais, chegam a região para reforçar a segurança e coibir a criminalidade.

Adélcio Bernardino, da Guarda Municipal de Balneário Camboriu, comentou que a entidade só vai receber novos GM´s em fevereiro. Para essa temporada serão os atuais 79 e mais os 70 Agentes de Trânsito.

Para as praias de Balneário Camboriú, atração principal da região, de acordo com o Tenente Daniel Dutra, os Guarda Vidas vão trabalhar espalhados em 19 postos, desde a Praia do Buraco até Estaleirinho. Serão dois novos, um em frente a rua 3700 e outro na Praia de Laranjeiras. A média é de 50 guardas/dia no pico da temporada. Depois esse número cai para metade. “As praias agrestes só vão ter os postos abertos diariamente em dezembro. Em novembro só aos finais de semana. Temos mão de obra, mas não temos dinheiro. BC recebe R$1,5 mi por ano para o pagamento dos guarda-vidas”.

Outra pauta importante discutida na reunião foi a Copa do Mundo de 2014. Balneário Camboriu está no meio de quatro Centros de Treinamentos. Florianópolis terá 3 e Joinville 1. “Doze delegações já visitaram nosso estado, entre eles, Japão, Alemanha, Itália e Estados Unidos. Temos que estar preparados para receber esses turistas, que são mais exigentes e gastam bem. É a chance de mostrarmos Balneário para o mundo”, idealiza a presidente do Comtur, Olga Ferreira.

De acordo com Carlos Dickmann, secretário do Comtur, no inicio do ano placas de sinalização serão trocadas para conter também as indicações em inglês. E cursos gratuitos de inglês e espanhol vão ser oferecidos aos Guardas Municipais, Agentes de Trânsito, Policias Civil e Militar e aos trabalhadores da indústria do turismo. “É só o começo. Temos muito a fazer para receber os turistas da Copa. Não vamos perder a chance,” garantiu.
Pauta essa, para a próxima reunião do Comtur, que acontece no início de 2014.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -