Balneário Camboriú sediará evento internacional de defesa dos direitos humanos

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

No próximo ano, Balneário Camboriú tem um importante compromisso com a Federação Ibero-Americana de Associações de Jovens e Adultos Maiores (Fiapam). A cidade foi escolhida, por unanimidade, para realizar o 6º Congresso Internacional Intergeracional de Jovens e Adultos Maiores – Brasil 2014. O município foi eleito durante reunião do conselho, realizada entre os dias 27 e 31 de outubro, na cidade da Guatemala. O evento está previsto para os dias 26 a 29 de novembro de 2014 e prevê a participação de 800 pessoas vindas de 25 países.

A escolha foi formalizada à Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Balneário Camboriú, por meio do assessor administrativo, Carlos Dickmann, que participou como convidado especial do encontro na América Central. O evento contou com a presença de 39 membros representantes de 13 países. Dickmann, que também é presidente do Conselho Municipal do Idoso de Balneário Camboriú, qualificou o convite como de grande relevância e responsabilidade. “Já iniciaremos uma mobilização na cidade, para que o congresso do próximo ano seja um dos maiores realizados pela Federação”, complementa.

No encontro, a Sectur realizou apresentação de Balneário Camboriú, expondo os potenciais oferecidos em termos de infraestrutura, belezas naturais, serviços, hospitalidade e preparo para receber grandes eventos e congressos. A cidade de Balneário Camboriú foi escolhida por todos os 39 conselheiros, por meio de consultas pessoais realizadas previamente pelo presidente da Fiapam, Modesto Chato, e reafirmada após a apresentação visual da Sectur.

O que é a Fiapam?

É um movimento associativo, plural e democrático sem fins lucrativos, em defesa dos idosos. Sua preocupação é integrar a sociedade dos adultos mais velhos e fazê-los respeitar a sua própria dignidade como pessoa, pois tem seus direitos e são dignos de uma sociedade para todos. Além de dar uma resposta real e eficaz contra o fenômeno do envelhecimento, ajudando a demonstrar que os idosos não são um problema, mas uma fonte rica de experiência e social, cultural e econômica. A Federação quer ser “a voz” dos adultos mais velhos com as autoridades públicas, instituições nacionais e internacionais, não só como uma reclamação, mas, e principalmente, motivando sua colaboração e participação. Sua frase de trabalho é: “. Sirva-se por ajudar os outros”. Saiba mais em http://fiapam.org/

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -