- PUBLICIDADE -

Embaixada da China realiza visita a Balneário Camboriú

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

As secretarias de Turismo, Segurança e a Fundação Cultural de Balneário Camboriú recepcionaram com almoço, nesta sexta-feira, 24, representantes da Embaixada da China no Brasil. A visita complementa cronograma de trabalhos na região, em nome da realização do 2º Seminário de Cultura Chinesa e Comércio Exterior, realizado pelo Instituto Brasil-China de Desenvolvimento, Intercâmbio e Comércio Exterior de Santa Catarina (IBCDESC), Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), Porto de Itajaí e Prefeitura de Itajaí, com apoio das prefeituras de Balneário Camboriú, Navegantes e empresas privadas.

O secretário Ademar Schneider, do Turismo, foi o anfitrião do evento, que contou com a participação do secretário de Segurança, Adelcio Bernardino e dos diretores municipais Renê Rothenburg Junior e Roberto de Souza Junior. O conselheiro de Assuntos Culturais da Embaixada da China, que tem sede em Brasília, Shu Jianping, trocou diversas informações econômicas, culturais e turísticas com a equipe da Prefeitura. Entre as informações, Jianping disse que o que afugenta o turista da China, e o faz repensar duas vezes em viajar para o Brasil, não é a falta de infraestrutura, como em aeroportos e rodovias, mas a ideia de insegurança que tem do país. Também disse que a China vê o Brasil como um país acolhedor e simpático, e que Balneário Camboriú tem aspectos que a assemelham às grandes cidades da China, principalmente a modernidade.

Para o secretário Ademar, essa troca de conhecimentos entre os dois países e a realização de eventos que faça o intercâmbio das autoridades é de muita importância para o turismo. “Assim vamos entendendo o que eles (chineses) pensam, quais as suas necessidades em relação ao turismo”. Dessa maneira, Ademar acredita que num futuro próximo, possa ser facilitada a formalização de um projeto conjunto entre a China e o Brasil, que beneficie especificamente a região da Costa Verde e Mar.

O objetivo do Seminário, promovido na cidade de Itajaí, é estreitar os laços comerciais e culturais entre o Brasil e a China, além de possibilitar negócios entre organizações e empresas privadas da região. Participaram daquele encontro além de Jianping, o assessor comercial da Embaixada, Tang Wei, empresários, autoridades estaduais e municipais, associações empresariais e representativas de setores afins, além de entidades de ensino superior. Em Balneário Camboriú, a missão alcançou sua segunda e última fase. Entre os participantes do almoço, estiveram o presidente do IBCDESC, Ruben Moratório Trulla, o vice-presidente do Instituto, Carlos Miguel Azevedo da Silva, o assessor de assuntos internacionais, Kaida Shu, e o responsável pelo departamento comercial da entidade, Eduardo Lamin.

Informações e entrevistas sobre o seminário pelo fone (47) 3263-0387 ou pelo email [email protected]


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.