Vereador convoca reunião sobre educação especial em Camboriú, mas responsável não comparece

John Lenon marcou a audiência após pedidos de explicação dos pais sobre a falta e remanejamento de monitores de inclusão

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Nos últimos dias, muitos pais de alunos portadores de necessidades especiais do município tem sido pegos de surpresa, devido a alterações na forma de atendimento dessas crianças e adolescentes nas escolas do município. Após procurarem o Poder Legislativo, o vereador John Lenon Teodoro convocou, através de um Requerimento de Urgência, o responsável pela coordenação especial do município, para que pudesse dar uma resposta a esses questionamentos.

Após ofício enviado à Secretaria de Educação, a reunião foi confirmada com o responsável para a tarde do dia 27 de junho na Câmara. Porém, para surpresa dos vereadores, pais e profissionais da área que compareceram no horário marcado, o responsável não compareceu, nem justificou sua ausência.

Com mais de 40 pessoas reunidas na Câmara, os parlamentares então decidiram, em respeito aos que compareceram, dar prosseguimento ao encontro, onde várias ideias foram debatidas, como uma audiência pública sobre o tema, além da criação de uma associação de pais e apoiadores dos portadores de deficiência no município. Também compareceram o Sindicato dos Servidores do município e representantes do Conselho Municipal das Pessoas com Deficiência.

Ainda nesta quinta-feira, dia 27, o vereador John Lenon demonstrou sua indignação em tribuna com o ocorrido. “É uma falta de respeito com os nossos alunos, ainda mais se tratando de pessoas que precisam de uma atenção especial. São problemas da Educação do município e que os vereadores estão dispostos a ajudar, mas o Poder Executivo não aceita o diálogo.”

O Vereador ainda denunciou durante a sessão que o Coordenador da educação especial de Camboriú está em desvio de função, além de ser servidor público concursado em Itajaí. “Isso é ilegal! E mais: Como consegue trabalhar 40 horas nas duas cidades?” Questionou. E concluiu dizendo: “isso só demonstra o descaso com educação especial na nossa cidade”

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -