- PUBLICIDADE -

Governador concede entrevista coletiva em Itajaí e fala sobre os desafios para 2017

Colombo concedeu entrevista coletiva à imprensa da região para prestar contas das ações do governo e falar das perspectivas da economia catarinense para o próximo ano

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191

Divulgação/Silvia Daleffe/ADR Itajaí/Click Camboriú
Divulgação/Silvia Daleffe/ADR Itajaí/Click Camboriú

O governador Raimundo Colombo concedeu entrevista coletiva à imprensa da região de Itajaí, nesta segunda-feira, 21, para prestar contas das ações do Governo do Estado e falar das perspectivas da economia catarinense para o próximo ano. Durante o dia, foram realizados encontros com jornalistas em outras duas regiões: Criciúma e Tubarão. “O enfrentamento da pior crise já vivida pelo executivo é feito sem sacrificar o contribuinte catarinense com o aumento de impostos e sem paralisar as obras. O desafio para o país será realizar as reformas como a da previdência e baixar a taxa de juros”, defendeu Colombo.

Os jornalistas questionaram sobre a continuidade de obras realizadas em parceria com o governo federal, como a ampliação da bacia de evolução do Complexo Portuário de Itajaí e o Centro de Eventos de Balneário Camboriú. “Tratamos diretamente com os ministérios responsáveis sobre a liberação de recursos necessários para a conclusão destas obras. A parte que cabe ao Estado está assegurada e, no que depender de Santa Catarina, estas obras serão entregues no prazo pela importância que representam”, disse.

O secretário regional apresentou os uniformes que serão usados pelas detentas do regime semiaberto do Presídio de Itajaí nos serviços de manutenção de escolas da rede pública estadual. “A iniciativa da ADR Itajaí é muito importante para o processo de ressocialização e para a redução de custos”, salientou Colombo. Inicialmente, 20 detentas trabalharão, de forma remunerada, em mutirões de limpeza de unidades escolares, em serviços que eram terceirizados pela ADR.

O prefeito de Itajaí Jandir Bellini e o prefeito eleito Volnei Morastoni acompanharam a entrevista, com demais prefeitos da região.

Raimundo Colombo garante a vinda de policiais militares para Itajaí

De acordo com o governador, Itajaí está entre as três cidades que mais preocupam neste momento na área de segurança pública. As cidades de Joinville e Florianópolis completam a lista. O envio de mais policiais deve vir em dezembro, após a formatura de 658 policiais militares. “E para o próximo ano vamos chamar mais uma turma grande, como neste ano. E a seleção dos municípios será feita com critérios específicos, levando em conta o número de ocorrências registradas em cada local”, explicou Colombo.

No dia 21 de outubro, a OAB de Itajaí encaminhou ao governador do Estado um ofício cobrando mais policiais militares para Itajaí. A confirmação de recebimento ( AR) chegou na semana seguinte, na secretaria da subseção. O pedido levou em conta a defasagem de policiais na cidade. Em Itajaí, a PM possui 164 policiais e, deste total, mensalmente, cerca de 20 ficam afastados por motivo de férias ou licença especial, sem contar os policiais que se aposentaram ou estão próximos da aposentadoria. Nos últimos três anos, mais de 50 entraram para a reserva. Assim, hoje o município conta com um policial para cada 1.274 habitantes. “Percebemos que é grande o esforço do comandante do 1º Batalhão de Polícia Militar de Itajaí, Ronaldo de Oliveira e toda a corporação da PM para prestar um bom serviço. Mas com esse número, o trabalho acaba ficando prejudicado”, pontuou o presidente da OAB da cidade, Murilo Zipperer.
A OAB da cidade espera que o Governo do Estado garanta o envio de policiais para Itajaí, uma vez que no momento, policiais estão prestes a concluir o curso de formação de soldados. “ A OAB e a sociedade Itajaiense aguardam ansiosas por uma resposta positiva do Governo de Santa Catarina quanto ao pedido de aumento do efetivo da Polícia Militar, pois a situação da segurança pública vem se agravando a cada dia em Itajaí”, afirmou Zipperer.

COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.