Prefeito de Itapema presta contas de seus quatro anos de mandato

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

O Prefeito de Itapema, Sabino Bussanello, concedeu na manhã desta quarta-feira (21), uma coletiva de imprensa, onde prestou contas sobre seus quatro primeiros anos de mandato, completados na última segunda-feira (19). O evento aconteceu no Solis Praia Hotel, no Centro de Itapema, e reuniu imprensa, empresários e membros da sociedade civil organizada.

Acompanhado da vice-prefeita Maria Luci da Silva, e do Secretário de Governo e Planejamento Estratégico, Evaldo José Guerreiro Filho, representando os outros secretários municipais, Sabino mostrou algumas das mais de 100 obras feitas durante os quatro anos de governo, que foram desenvolvidas nos cinco eixos estabelecidos ainda durante a campanha eleitoral: desenvolvimento urbano, ambiental, social, econômico e gestão participativa. “Em 2009, foram R$ 15.378.245,00 em investimentos, ou seja 18,48% de nossas receitas, e este número é muito maior do que se investe normalmente. Em outras cidades, quando se investe muito, investe-se 5 ou 6%”, disse o Prefeito.

Sabino mostrou que, em 2006, quando assumiu o Governo, a máquina pública estava sucateada, e os servidores públicos, desmotivados. “Além disso, tivemos de governar os primeiros sete meses sem orçamento e com uma dívida herdada de R$ 26 milhões”, contou, lembrando ainda que a cidade passava por uma fase de insegurança jurídica e o cartório de Registro de Imóveis estava sob intervenção.

Na educação e na saúde, os investimentos aumentaram significativamente. Em 2006, foram investidos R$ 13.101.518,32, e em 2009, R$ 26.004.337,36 na área de educação. Na saúde, os investimentos quase dobraram: de R$ 7.283.964,32 em 2006 para R$ 13.707.979,05 no ano passado.

Ele ainda disse que o Governo Municipal pretende entregar até o final do mandato, em 2012, outras obras prioritárias para Itapema, que estão no planejamento estratégico do município inclusive para os próximos gestores. Entre elas, está a finalização do Parque Calçadão, a instalação de uma faculdade de Gastronomia e a criação da Via Gastronômica. Sabino diz que também haverá mais investimentos no sistema viário, aumentando a mobilidade urbana, incluindo a revitalização da Avenida Nereu Ramos. Nestes quatro anos, foram 25 km de ruas e avenidas asfaltadas. “Fizemos muito nestes quatro anos, mas ainda temos muito a fazer nos dois anos de trabalho duro que temos pela frente”, finaliza.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -