- PUBLICIDADE -

Mulher discute com companheiro e se defende com um facão no bairro Cidade Nova

Para não ser esfaqueado, o homem deu dois chutes no peito da mulher; após, ela riscou seu veículo com o facão

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem

ITAJAÍ – Na tarde de terça-feira (12), por volta das 14h, a PM recebeu uma ocorrência no âmbito da Maria da Penha na rua Luiz Bela Cruz, no bairro Cidade Nova.

No local os policiais conversaram com a vítima de 41 anos, que contou que está junto com o seu companheiro há aproximadamente um ano e que veio do Rio de Janeiro para morar com ele, porém desde o dia anterior estavam discutindo, e que ele a empurrou, de modo que ela caiu no chão, que sentia seu punho machucado e possuía arranhões pelo corpo.

A mulher relatou que discutiram novamente, que ela estava cansada de ser humilhada e durante a discussão pegou um facão para se defender, e nesse momento, seu companheiro lhe deu dois chutes no peito. Afirma também que usou o facão para riscar o veículo dele.

Em conversa com o autor de 28 anos, relatou que sua companheira sofre de problemas psicológicos, que ontem começaram a discutir, e que ela queria tomar Rivotril, a fim de impedir ela, ele a empurrou. E que a discussão continuou, ela pegou um facão e veio para cima dele, nesse momento ele deu dois chutes em seu peito para se defender. Relatou também que ela riscou seu veículo com o facão.

O homem foi conduzido a Central de Plantão Policial de Itajaí para os procedimentos formais cabíveis.

PM atende ocorrência por violência doméstica no bairro Cordeiros

Na terça-feira (12), por volta da meia-noite, a PM foi acionada para atender uma ocorrência referente à violência doméstica no bairro Cordeiros. Ao chegar ao local os policiais conversaram com vizinhos, que relataram que um indivíduo estava agredindo sua companheira no prédio ao lado.

Ao entrar no prédio, os policiais conseguiam ouvir uma discussão e barulhos de objetos caindo. Quando chegou ao apartamento percebeu que a porta de entrada estava aberta. Ao entrar no apartamento encontrou uma mulher bastante nervosa e relatando que foi agredida por seu companheiro que estava aparentemente drogado, e bastante exaltado.

Logo, foi dada voz de prisão ao homem, que tentou resistir à prisão, sendo necessária a utilização do uso progressivo da força para a sua condução até a viatura de polícia.
O homem de 31 anos relatou que não chegou a agredir a sua companheira.

Em conversa com a mãe do homem, a mulher de 50 anos relatou que seu filho agrediu sua nora, e que tais agressões são recorrentes. Relatou ainda que seu filho usa tornozeleira eletrônica por conta de um roubo que cometeu recentemente, no mês de maio de 2022.

A vítima de 37 anos contou para a guarnição que faz uso de medicamentos controlados, e que ela e seu companheiro são usuários de crack. Posteriormente, o homem foi conduzido ao Instituto Geral de Perícias, e depois para a Central de Plantão Policial.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Imobiliária de Balneário Camboriú aluga imóvel em até 30 dias ou paga o condomínio

A imobiliária promete alugar o imóvel em até 30 dias, ou pagar o condomínio ao proprietário
- PUBLICIDADE -