Para fugir da PM, traficante invade apartamento e mantém família em cárcere privado no centro de BC

Quase três quilos de droga foram apreendidos

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Loja Feliz: campanha do Balneário Shopping em prol das crianças com câncer segue até 24 de agosto

Projeto é uma parceria entre a Almeida Junior, McDonald’s e Associação de Voluntários de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente (AVOS)
Divulgação

Na noite desta segunda-feira, 13.maio.2019, por volta das 20h52, a Polícia Militar recebeu informações sobre uma suposta associação criminosa de tráfico de drogas em Balneário Camboriú.

Segundo os dados, um homem identificado como D.R.M., 27 anos, seria o dono da droga; sua esposa R.N.C., 26 anos era a cuidava da contabilidade; e R.F.G, 42 anos, vulgo “Velho”, era responsável pelo armazenamento e distribuição da droga. Com essas informações os policiais militares descobriram os endereços dos autores, assim como os veículos que utilizavam.

R.N.M. foi visto saindo de sua residência na rua 1651, no Centro de Balneário Camboriú, em um veículo Ford/Focus prata, sendo abordado na avenida Brasil. Em revista pessoal foram encontradas duas buchas plásticas grandes contendo cocaína petrificada, ambas embaladas em saco plástico transparente, além de um aparelho celular e R$57,00 em espécie.

Questionado sobre a droga, R.N.M. admitiu ter mais em casa, franqueando a entrada dos policiais. No local foram encontrados dois tabletes de cocaína embalada em fita prateada, seis buchas plásticas contendo cocaína, duas balanças digitais e um rolo de saco transparente. Durante o procedimento policial, o telefone de R.N.M. tocou diversas vezes. Segundo ele, era D.R.M. ligando.

A guarnição deslocou até a casa de D.R.M., situada na rua 2550, que avistou as viaturas da sacada de seu apartamento e fugiu. Sua esposa R.N.C. foi abordada no apartamento. No local, foram encontrados um tablete de cocaína petrificada, três aparelhos celulares, três rolos para embalar a vácuo e uma máquina para vedar a embalagem.

A mulher informou que seu marido ficou o dia todo fora, fato que não condizia com a verdade, pois a guarnição o avistou na sacada. Os policiais militares deram início as buscas no prédio, estranhando que o morador de um dos apartamentos não respondia aos chamados, mesmo sendo possível perceber que haviam pessoas no local.

Os policiais entraram no apartamento e encontraram D.R.M. Nada de ilícito foi encontrado em revista, porém no imóvel foram identificados R$450,00 em dinheiro e um cartão em nome de R.N.M., a conta na qual ela fazia os depósitos dos valores arrecadados com o tráfico.

Conversando com o dono do apartamento, ele relatou que antes dos policiais chegarem, D.R.M. invadiu seu apartamento e manteve sua família em cárcere privado mediante ameaça. Segundo ele, D.R.M. é conhecido no prédio por ser traficante.

Diante dos fatos os autores foram presos e o material apreendido para os procedimentos cabíveis. A quantidade de droga apreendida totalizou 2,93 kg.

D.R.M. possui 13 boletins de ocorrência, incluindo: tráfico de drogas, furto e receptação.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Ex-Masterchef ministra curso de risotos na UniAvan

Chef Victor Hugo Garcia irá ensinar cinco receitas de risotos e arancini; Vagas para o curso são limitadas
- Publicidade -