Arquivo

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Camboriú, concluiu, no último mês, seis inquéritos policiais que visavam elucidar quatro homicídios consumados, um homicídio tentado e um roubo, todos praticados neste Município.

No curso das investigações, restou evidente que todos os crimes contra a vida estavam relacionados ao tráfico de entorpecentes e às organizações criminosas que atuam dentro e fora dos presídios do Estado de Santa Catarina.

Concluído o trabalho investigativo, a Polícia Civil representou pelas prisões preventivas dos autores, deferidas pela Vara Criminal da Comarca de Camboriú e cumpridas, nos últimos 10  dias.

Na manhã de hoje (12), a Polícia Civil de Camboriú, com apoio da DPCO de Navegantes, cumpriu dois mandados de busca e apreensão e mais um mandado de prisão preventiva decorrentes das mencionadas investigações.

Até a presente data, seis homens e uma mulher foram presos. Jonas Januário de Souza, conhecido como “Alemão”, de 21 anos, natural de Camboriú, considerado de alta periculosidade, permanece foragido. Contra ele pesam mandados de prisão pelos crimes de roubo e homicídio.

Outros dois inquéritos policiais, que apuram delitos de homicídios, foram concluídos nas últimas semanas. A Polícia Civil aguarda o deferimento das medidas cautelares representadas para retirar outros criminosos do convívio social.

Importante destacar o excelente trabalho desempenhado pela equipe de investigação da Comarca de Camboriú no deslinde de todos estes graves crimes, que resultou nas prisões desses 7 (sete) investigados.

Os trabalhos foram coordenados pelos delegados Giselle Cristiane Costa Lima, Maurício Pretto e Paulo Caixeta Braga Junior.


COMENTE ABAIXO ⬇

resposta(s) publicada(s). (Obs.Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site)