- PUBLICIDADE -

Advogado suspeito de tráfico de bebês é preso pela Polícia Civil de Camboriú

O homem pagava R$ 5 mil por bebês de pele branca e olhos claros, para mães de Camboriú

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

the baby sellers
Imagem do filme Baby Sellers (2013) ilustra a matéria.

A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, por intermédio do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente da Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Camboriú, concluiu as investigações e prendeu A.K.V., acusado de promover a venda de bebês.

O suspeito oferecia dinheiro, cerca de R$ 5 mil, para que mulheres efetuassem a entrega de um filho recém-nascido. Após a entrega, o indiciado intermediava a venda das crianças para casais que tinham interesse na adoção. Os bebês teriam que ser preferencialmente de pele branca e olhos claros.

A.K.V. residia em Itajaí, possuía escritório de advocacia na cidade de Balneário Camboriú/SC, porém o crime teria sido cometido em Camboriú/SC, uma vez que há provas de que mulheres na cidade teriam sido aliciadas pelo mesmo.

O acusado teria feito promessa de pagamento do respectivo valor e, posteriormente, a entrega dos bebês seria feita na cidade do Rio de Janeiro/RJ, onde teriam casais interessados em comprar e efetuar a adoção dos bebês.

Na casa do advogado foi apreendida uma arma de fogo sem documentação, sendo lavrado um auto de prisão em flagrante com relação à arma.

Assim, o delegado Maurício Pretto, representou por mandado de busca para compor as investigações, o qual foi deferido pela Autoridade Judiciária da Comarca. Na tarde dessa sexta-feira (4) a Equipe do SIC de Camboriú deu cumprimento à determinação judicial.

Após interrogatório, A.K.V. foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, onde permanecerá a disposição do Poder Judiciário para responder por Posse Ilegal de Arma e pelo crime tipificado no art. 238 do Estatuto da Criança e do Adolescente.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.