- PUBLICIDADE -

Polícia Civil de Camboriú elucida assalto à taxista e prende foragido

Comparsa foi alvejado e morto durante a fuga

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, por intermédio do Setor de Investigação e Capturas da Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Camboriú, elucidou o crime de roubo ocorrido no dia 13 de agosto de 2017, praticado por Rogério da Conceição Cassemiro junto com seu comparsa P.H.B., que estava foragido.

A vítima, um taxista de Balneário Camboriú, foi mantido refém pelos bandidos, que estavam em posse de uma faca e um revólver calibre 38. No ensejo, o veículo foi perseguido pela Polícia Militar, visto que os condutores desobedeceram ordem de parada, desviando inclusive de uma barreira policial, que aguardava na estrada de acesso ao Bairro Rio do Meio. Os criminosos fugiram para um matagal sendo perseguidos pelos militares. Diante da desobediência de Rogério, bem como do iminente risco que os Policiais corriam, visto que o sujeito estava em posse de um revólver apontando para os policiais, ele foi alvejado e morto.

Após investigações realizadas pelo Setor de Investigação e Capturas desta Delegacia de Polícia, constatou-se que P.H.B. foi capturado pelas imagens das câmeras de segurança do Hotel Ilha da Madeira, onde aparece ao lado de Rogério momentos antes de praticarem o roubo ao táxi. Ademais, foi realizado reconhecimento de pessoa por fotografia, a vítima reconheceu o suspeito com exatidão, bem como reconheceu o revólver apreendido, como sendo o mesmo que P.H.B. estava portando no táxi.

Isto posto, a Autoridade Policial Giselle Cristiane Costa Lima representou pela prisão preventiva de P.H.B., que foi preso por policiais em uma blitz.

Após procedimentos cartorários, P.H.B. foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, onde permanecerá a disposição do Poder Judiciário para responder a acusação por Roubo majorado pelo emprego de arma, concurso de dois ou mais agentes e restrição de liberdade da vítima.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.