Polícia Civil alerta para fraudes em documentos de veículos

Cerca de 270 documentos roubados do Citran de Biguaçu estão circulando pelo Estado, sendo utilizados para clonagem de veículos furtados

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Miguel Sachetti / Divulgação

A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, através da 29ª Delegacia Regional de Polícia, de Balneário Camboriú, alerta os cidadãos da região que estão ocorrendo fraudes em documentos de veículos, os CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento Veicular). Na terça-feira (31), uma mulher foi presa tentando fazer uso de um destes documentos.

Cerca de 270 documentos roubados do Citran (Circunscrição Municipal de Transito) de Biguaçu estão circulando pelo Estado, sendo utilizados para clonagem de veículos furtados. O Supervisor do Setor de Autuações do Ciretran de Balneário Camboriú, o agente de polícia Sandro Flores, lembra que “todos os documentos públicos utilizados para liberação de veículos apreendidos tem sua autenticidade analisada e conferida, a fim de evitar qualquer tipo de fraude.”

Prisão

A Polícia Civil de Balneário Camboriú prendeu, nesta terça-feira (31), uma mulher com CRLV falsificado. A prisão aconteceu no Setor de Autuações da 29ª DRP, quando ela tentava fazer uso do documento fraudado para retirar um veículo detido no Pátio de Veículos Apreendidos.

Após investigação, a polícia descobriu que o documento utilizado é produto do furto praticado no Citran de Biguaçu. Ela foi levada à Central de Plantão Policial para ser interrogada.

O Citran de Biguaçu foi invadido, na madrugada do dia 04 de Outubro, e foram levados 275 documentos de registro de veículo, os CRLV, em branco. Os documentos devem ser usados para clonar veículos, já que os ladrões invadiram o prédio somente para furtá-los.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -