- PUBLICIDADE -

Criminoso é morto pela PM após assalto à taxista em Camboriú

A ação criminosa contou com um segundo envolvido, que conseguiu fugir

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Studio Volari vai presentear 100 pessoas com design de sobrancelhas, máscaras de led e de ouro e aula de pilates

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 2122-3230, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99635-7278

Rogério da Conceição Cassemiro
Divulgação

Um assaltante morreu ao entrar em confronto com a Polícia Militar após cometer um sequestro relâmpago a um taxista em Camboriú. A ação criminosa contou com um segundo envolvido, que conseguiu fugir.

A ocorrência iniciou quando uma viatura da PM, em rondas pela rodovia Antonio Heil, no bairro Itaipava, em Itajaí, se deparou com um táxi, próximo à lombada eletrônica, trafegando com o pneu dianteiro furado. Os policiais passaram a seguir o veículo suspeito, dando ordem de parado ao condutor, que não obedeceu e prosseguiu.

A guarnição continuou seguindo o Corsa Sedan sentido bairro Rio do Meio, em Camboriú, quando solicitou reforço ao PPT, que veio pelo outro lado, partindo de Camboriú sentido Itajaí. No meio do trajeto, próximo ao Clube Brejeiros, o PTT fez uma barreira, momento em que o táxi parou na beira da estrada e dois indivíduos fugiram por dentro de um matagal próximo. O taxista, que era mantido refém até então, permaneceu no carro.

Os policiais entraram no matagal em busca dos criminosos, quando encontrou um deles escondido em uma vala com uma arma em punho. Quando foi dado ordem para que largasse, o marginal apontou a arma para os policiais, que revidaram a ameaça com tiros. A PM não informou quantos tiros foram disparados.

O Samu foi acionado e constatou o óbito de Rogério da Conceição Cassemiro, de 27 anos. Ele tinha várias passagens pela polícia, era fugitivo do Presídio de Blumenau e possuía um mandado de prisão ativo por homicídio. O segundo assaltante não foi localizado.

Em depoimento a polícia, o taxista informou que foi chamado para uma corrida no Rancho Zé Camila, no Rio do Meio, em Camboriú. Lá, os bandidos anunciaram o assalto e seguiram sentido a cidade de Brusque, onde tiraram o rádio do carro. Não satisfeitos, eles resolveram voltar até a casa do taxista em Balneário Camboriú, para roubar o restante dos pertences.
Porém, no caminho, o pneu do táxi furou, momento em que cruzou pela viatura.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) e a Polícia Civil foram chamados e vão investigar o caso.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.