- PUBLICIDADE -

Três pessoas envolvidas em fraudes são detidas tentando resgatar veículos apreendidos

Polícia Civil conduz três pessoas por envolvimento em fraudes com veículos

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

PagAuto vende seu veículo em 50 minutos: em BC, Itajaí e Floripa

Na PagAuto seu veículo é vendido com avaliação profissional e pagamento na hora em uma negociação 100% segura

fraudes
Divulgação

A Delegacia Regional de Polícia Civil de Balneário Camboriú está de olho em fraudes envolvendo procurações de veículos. Somente nesta quarta-feira (12), três pessoas foram conduzidas para a Delegacia de Polícia da Comarca (DPCO) por envolvimento em fraudes com veículos e documentos, em três procedimentos distintos.

As quadrilhas desenvolveram formas de copiar os selos de autenticação dos cartórios, utilizando-os para falsificar procurações de veículos e, assim, transferir, resgatar, baixar, vender e licenciar carros e motos de terceiros. O Agente de Polícia responsável pelo Setor de Defesa de Autuação, Sandro Flores, alerta “todos os documentos públicos utilizados para liberação de veículos apreendidos tem sua autenticidade analisada e conferida, a fim de evitar este tipo de fraude.”

Caso a Caso

Uma mulher foi detida, nesta quarta-feira (12), quando compareceu à 29ª DRP para retirar um veículo que foi guinchado durante a manhã, por estar estacionado em local proibido. O veículo estava registrado como produto de furto no estado de São Paulo. A suspeita foi conduzida para a DPCO para prestar os devidos esclarecimentos.

Outra mulher foi detida por utilização de documento falso e falsidade ideológica, nesta quarta-feira (12). Em situação semelhante à outra ocorrência, a mulher tentava resgatar um veículo apreendido fazendo uso de procuração falsa. Os policiais civis conduziram a mulher à Delegacia de Polícia da Comarca de Balneário Camboriú, para tomada das medidas cabíveis.

O terceiro caso envolveu um homem que também tentava resgatar veículo apreendido fazendo uso de procuração fria na Delegacia Regional de Polícia de Balneário Camboriú. O homem, suspeito de falsidade ideológica e uso de documento público falso, também foi conduzido à DPCO para prestar esclarecimentos à autoridade policial.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.