- PUBLICIDADE -

Dono de hotel para animais mata cachorro de vizinhos a tiros em Camboriú

Vizinhança ficou estarrecida em saber que os disparos partiram de uma pessoa que se propõe a cuidar dos animais dos outros

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

Belinha
A Belinha, morta a tiros.

Na tarde do último sábado (6) uma cadela foi morta a tiros na rua Tererê, Bairro Rio do Meio, em Camboriú. Os tutores da cadela acusam o empresário Marcos Resende, que é proprietário de um hotel para animais, de matar o cão.

Por volta das 14 horas, o filho da dona da cachorra Belinha e outras testemunhas estavam em frente à casa quando ouviram o som de um tiro. Logo em seguida os ganidos de um cão, que foi silenciado por outro tiro. Na sequencia, teriam visto o empresário jogando o corpo do animal no mato.

Os vizinhos do empresário foram até ele, buscar saber o motivo de ter tirado a vida da Belinha a tiros. Aos vizinhos, Marcos teria alegado que a cadela estava atacando suas galinhas. A vizinhança ficou estarrecida em saber que os disparos partiram de uma pessoa que se propõe a cuidar dos animais dos outros.

Meia hora após o ocorrido, três viaturas da Polícia Militar deslocaram ao local e fizeram contato com Marcos. Aos policiais, ele não confessou o crime e se defendeu dizendo que ouviu os tiros e, ao verificar, encontrou a cadela sangrando em seu terreno, motivo pelo qual a colocou no mato, já que estava morta. A guarnição orientou os envolvidos e lavrou o boletim de ocorrência. Nenhuma arma foi encontrada.

Casos como este serão considerados crime propenso a punição que vai de 1 a 3 anos de prisão, se a lei que já foi aprovada na câmara também for aprovada no Senado.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.