Três são presos por matar professor a pauladas, pedradas e facadas em Camboriú

Polícia Civil de Camboriú elucida homicídio e prende preventivamente os autores

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Confira o novo combo promocional da Personal Chef Fit Kris Borba

A Chef Kris traz nesse mês de setembro um combo Detox, super prático, econômico e muito saboroso

Trio foi preso preventivamente pelo homicídio do professor Telmo Vieira de Souza.

A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Delegacia de Polícia da Comarca de Camboriú, elucidou um crime de homicídio duplamente qualificado, e prendeu preventivamente Maico Henrique de Lima Almeida (20), Matheus de Souza Rodrigues (19) e Leandro de Souza Rodrigues (18), que foram indiciados por terem assassinado o professor de educação física da Prefeitura Municipal de Itajaí, Telmo Vieira de Souza.

Telmo foi morto a pauladas, pedradas e facadas na madrugada do dia 8 de janeiro em uma trilha situada à Rua Joaquim Garcia, em frente ao Instituto Federal Catarinense, em Camboriú. A motivação teria sido um desentendimento entre as partes.

Na manhã desta quinta-feira (27), foram realizadas operações nas cidades de Santa Cecília e Timbó Grande, visando o cumprimento dos mandados. Na cidade de Santa Cecília, a equipe do SIC de Camboriú, com apoio dos policiais daquela Comarca, deram cumprimento aos mandados de prisão dos irmãos Matheus e Leandro, que estavam na mesma residência. Ambos foram conduzidos até a Delegacia, interrogados e encaminhados ao Presídio Regional de Caçador.

Na cidade de Timbó Grande, no mesmo instante, outra equipe da Polícia Civil de Camboriú, com o apoio dos policiais civis e militares daquela Comarca, bem como da DIC de Caçador, buscava cumprir o mandado em desfavor de Maico, que havia se evadido. Todavia, acompanhado de uma advogada, ele se apresentou na manhã desta sexta-feira (28) na Delegacia de Polícia da Comarca de Caçador, onde foi interrogado e posteriormente conduzido ao Presídio Regional daquela Comarca, ficando à disposição do Judiciário.

Ainda resta apreender um adolescente que estaria envolvido no crime, que encontra-se foragido.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Maior edifício da América Latina tem elevador residencial mais rápido do Brasil

Com capacidade de se deslocar seis metros por segundo, o elevador poderá percorrer em menos de um minuto os 81 andares do Yachthouse
- Publicidade -