- PUBLICIDADE -

Jovem é detido com revólver, munições e cinco canivetes

Ele também estava em posse de maconha e três réplicas de revólver

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser em agosto

10 sessões de depilação a laser em uma área pequena! Não vai perder esse presentão, né?
revolver e canivetes
Divulgação

A Polícia Militar prendeu um homem por posse ilegal de arma de fogo na noite de segunda-feira (21), por volta das 21h30min no Bairro das Nações, em Balneário Camboriú.

A guarnição tinha informações de que estava havendo a prática de tráfico de drogas na Rua Tailândia. Os policiais fizeram rondas no local, onde visualizaram quatro homens e duas mulheres em atitude suspeita. Ao avistar a guarnição, um dos homens correu para o interior da residência, então foi realizado a abordagem dos demais que estavam em frente ao local.

Com o proprietário da residência, M.P.C., 19 anos, foram encontrados dois cigarros de maconha e aproximadamente duas gramas no bolso de sua bermuda. Após revista pessoal do indivíduo que havia adentrado à residência e aos demais, nada de ilícito foi encontrado.

Em busca residencial, no quarto de M.P.C. foi encontrado um pote contendo vários cigarros de maconha, um torrão e aproximadamente quatro gramas da mesma droga, a quantia de R$ 411 em espécie, um revólver cromado calibre .32 de numeração raspada com seis munições intactas, cinco canivetes e três réplicas de revólveres.

Diante dos fatos, Mateus Pinheiro Carvalho, 19 anos, que já possui 13 boletins de ocorrência em seu nome, entre os principais por posse de drogas, dirigir sem habilitação, posse ilegal de arma de fogo e ameaça, foi preso em flagrante.

Os demais foram liberados.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -