- PUBLICIDADE -

Se entrega na delegacia homem que esfaqueou filho e enteada

Ele se apresentou na delegacia de Itapema acompanhado de um advogado

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser em agosto

10 sessões de depilação a laser em uma área pequena! Não vai perder esse presentão, né?

Jardel Manoel Camilo, o homem que esfaqueou o filho de 14 anos e a enteada de 17 no bairro Santa Regina, em Camboriú, se entregou à polícia no fim da tarde desta terça-feira (28) em Itapema. Ele se apresentou na delegacia acompanhado de um advogado.

O crime aconteceu na noite de segunda-feira (27), por volta das 21h30min, na Rua Jesuíno Anastácio Pereira. Jardel estava sob efeitos de drogas quando entrou na casa da ex-mulher e atacou sem motivos o filho e a enteada.

O menino levou cerca de oito facadas e foi encontrado pela polícia com hemorragia torácica. A adolescente foi socorrida dentro de casa com perfurações no peito. As vítimas foram levadas para o hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, e passaram por cirurgia.

Segundo informações, em seu depoimento Jardel disse que não sabe porque esfaqueou os adolescentes. Contou que havia comprado cocaína, mas acha que deram outra droga e que ficou fora de si a ponto de sair esfaqueando todos na casa.

O mandado de prisão de Jardel havia sido expedido na tarde desta terça-feira. Não houve prisão em flagrante, mas como ele foi identificado como sendo o autor do crime, foi representado pela prisão preventiva. O homem foi encaminhado a Unidade Prisional Avançada de Itapema. O caso será investigado pela Polícia Civil de Camboriú.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -