- PUBLICIDADE -

Homem é preso por fraude após comprar carro com documento falso

O estelionatário conseguiu comprar um carro se passando por outra pessoa

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191

fraude
Divulgação

Na tarde da última terça-feira, 07, por volta das 13h50min, a Polícia Militar foi acionada para atendimento de ocorrência de fraude na avenida Osvaldo Reis, bairro Fazenda, em Itajaí. Segundo informações, se tratava do uso de documento falso, estelionato, juntamente com posse de droga e posse de simulacro.

A guarnição policial havia sido empenhada em uma ocorrência no período da manhã, localizada na avenida Osvaldo Reis, onde a vítima relatou que no último dia 27, um homem compareceu à loja com uma CNH falsa para comprar um veículo, apresentou os documentos, que foram enviados para o banco e, consequentemente, aprovado o financiamento.

No dia 30 foi emitido a nota fiscal. No dia seguinte, o carro foi emplacado e o suspeito retirou o veículo da loja. Já no dia 1º de fevereiro, um homem entrou em contato com a loja se identificando com mesmo nome do documento apresentado pelo comprador, informando que não havia comprado nenhum veículo. Após enviar a foto de sua CNH original, foi constatado que havia algumas diferenças.

O golpista havia passado o endereço residencial sendo na rua Nepal, bairro das Nações, em Balneário Camboriú. Os funcionários da loja passaram em frente ao local no dia 2 e o carro estava lá, porém na manhã de terça (7), já não estava mais.

A loja comunicou que o comprador retornaria ao meio dia para buscar o recibo e assim que ele chegasse iria contatar a polícia. Próximo das 12h50min a vítima fez o contato e a guarnição policial efetuou a prisão em flagrante do estelionatário, que de imediato confessou o crime. Durante a conversa com os policiais, ele informou que havia comprado o documento falso pelo valor de R$1 mil.

O veículo não foi localizado. No interior da residência foi encontrada uma pequena porção de maconha e uma arma de brinquedo tipo garrucha. Diante dos fatos, C. de S.C., de 33 anos,  recebeu voz de prisão por fraude.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.